EMC registra resultado financeiro recorde no terceiro trimestre de 2014

Por Redação | 23 de Outubro de 2014 às 12h36

A EMC Corporation divulgou, nesta quarta-feira (22), os resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre do ano fiscal de 2014 e surpreendeu com receita recorde. O faturamento foi de US$ 6 bilhões, um aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado.

No terceiro trimestre, a EMC gerou US$ 1,7 bilhão em fluxo de caixa operacional e US$ 1,3 bilhão em fluxo de caixa livre, encerrando o trimestre com US$ 15,4 bilhões em caixa e investimentos. No período, a empresa readquiriu aproximadamente US$ 375 milhões de suas ações ordinárias e retornou cerca de US$ 240 milhões aos acionistas via dividendos trimestrais.

“O dinamismo contínuo da EMC é uma prova de que nossa estratégia e nosso desempenho estão funcionando. Nossos negócios estrategicamente alinhados – EMC Information Infrastructure, VMware, Pivotal e RSA – estão em ótima posição para se beneficiarem da imensa oportunidade que está diante de nós no mercado de TI. Minhas conversas com os clientes deixam claro que temos as melhores tecnologias na nuvem, em dispositivos móveis, big data e segurança e oferecemos um nível de escolha e flexibilidade sem paralelo. Estamos extremamente bem posicionados para ajudar os clientes a maximizar suas plataformas de TI e criar uma Terceira Plataforma de TI a fim de redefinir seus negócios com toda uma geração de novos aplicativos”, disse Joe Tucci, presidente e CEO da companhia, num comunicado à imprensa.

Segundo David Goulden, CEO da EMC Information Infrastructure, o resultado estava dentro das expectativas do alto escalão da companhia. Para ele, a constante busca dos clientes por parceiros fortes e bem equipados contribuiu para o sucesso apresentado no relatório. "A EMC está crescendo mais depressa que muitos de seus pares porque continua a fazer os investimentos estratégicos corretos (...) para criar vantagem competitiva”, disse o executivo.

A companhia também divulgou o desempenho individual de cada uma de suas divisões. As receitas das divisões Information Infrastructure e Information Storage tiveram crescimento de 6% em relação ao mesmo período de 2013. O novo sistema de armazenamento high-end VMAX foi disponibilizado perto do final do 3º trimestre, mas as entregas atingiram as expectativas. Os portfólios do Unified e do Backup and Recovery mantiveram um sólido crescimento também de 6% na receita em relação ao mesmo período do ano passado. O Emerging Storage3 cresceu 47%, o maior dentre os grupos da companhia, com um crescimento fortíssimo dos produtos EMC XtremIO, EMC ViPR e EMC ScaleIO.

Também apresentaram resultados positivos o EMC Isilon e a RSA, cujo faturamento cresceu 4% em relação ao mesmo período do ano anterior, indicando que a segurança continua a ser prioridade para as organizações que estão criando nuvens híbridas.

A VMware continuou sua trajetória de crescimento rápido com uma receita 17% maior em relação ao período correspondente de 2013, mostrando que os clientes continuam a investir em data centers definidos por software, soluções de nuvens híbridas e EUC (End-User Computing, computação do usuário final). A Pivotal também prosperou, com crescimento 24% superior em relação a 2013.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.