EMC bate recorde de receita e fatura US$ 7 bilhões em 2014

Por Redação | 11 de Fevereiro de 2015 às 09h58

A EMC Corporation acaba de divulgar os resultados financeiros do quarto trimestre de 2014. A receita consolidada recorde foi de US$ 7 bilhões, sendo 5% superior em relação ao mesmo período de 2013.

Em 2014, a receita da EMC foi de US$ 24,4 bilhões, número 5% superior em relação a 2013. O lucro líquido do ano foi de US$ 27 bilhões, ficando 6% abaixo do obtido no ano anterior. O fluxo de caixa operacional da EMC, em 2014, gerou US$ 6,5 bilhões e US$ 5 bilhões em fluxo de caixa livre. A multinacional fechou o ano com US$ 14,7 bilhões em caixa e em investimentos.

No quarto trimestre, a companhia readquiriu cerca de US$ 1,6 bilhão das suas ações ordinárias, retornando o valor aproximado de US$ 240 milhões aos acionistras através de dividendos trimestrais. Durante todo o ano passado, a EMC retornou aos acionistas US$ 3,9 bilhões graças à reaquisição de US$ 3 bilhões em ações ordinárias e US$ 900 milhões através de dividendos trimestrais.

Em comunicado, Joseph Tucci, presidente e CEO da EMC, disse que a companhia mostrou um desempenho sólido no quarto trimestre. "Nossa estratégia é fazer um bom trabalho apesar do ambiente altamente dinâmico e desafiador de TI. A empresa permanece no primeiro plano em nosso setor, com um portfólio líder de soluções e serviços para ajudar os clientes a otimizar suas atuais infraestruturas e a criar novas, que se beneficiem das oportunidades criadas pela nuvem, pelos dispositivos móveis, pelas redes sociais e pelo big data. Entramos em 2015 financeiramente fortes e bem posicionados para continuar conquistando maior participação no mercado".

O diretor financeiro, Zane Rowe, também se mostrou satisfeito com os resultados. “Graças ao nosso empenho coletivo, em 2014 a EMC aumentou a receita e o lucro por ação (EPS), ganhou participação, incrementou dividendos e acelerou o programa de recompra, retornando US$ 3,9 bilhões aos acionistas", afirma. "Nossos robustos resultados operacionais foram afetados pelas flutuações das moedas e pelos investimentos da EMC em empresas de alto crescimento. Embora se espere que esses fatores continuem afetando os resultados de 2015, continuamos concentrados em gerar crescimento para os acionistas e em oferecer aos clientes as melhores soluções", finaliza Rowe.

David Goulden, CEO da EMC Information Infrastructure, comenta que, no ano passado, a empresa investiu de maneira agressiva em áreas importantes da tecnologia, além de inovar em todos os negócios e ampliar a liderança em mercados sólidos.

Ele também afirma que deram início a este segmento "ajudando os clientes a transformarem sua infraestrutura de TI reduzindo significativamente o tempo de implementação e o custo". Ele comenta que, coletivamente, isso beneficiará a empresa neste ano e assegurará a continuidade da liderança em infraestrutura da informação também no futuro.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.