Amazon divulga resultado e prevê perda de até US$ 810 mi para próximo trimestre

Por Redação | 25 de Julho de 2014 às 06h35

A Amazon divulgou no noite desta quinta-feira (24) os seus resultados financeiros para o segundo trimestre do ano fiscal de 2014, com uma queda significativa nos ganhos da empresa.

As perdas líquidas foram de US$ 126 milhões, muito mais se comparado às perdas do mesmo período do ano passado, quando a empresa anunciou US$ 7 milhões.

Já as perdas operacionais da empresa somaram US$ 15 milhões no trimestre - no segundo trimestre de 2013, a empresa anunciava ganhos operacionais de US$ 79 milhões.

As perdas foram o dobro do que era esperado por analistas de mercado, e isso levou a uma queda de 5% nas ações da empresa no pregão pós-fechamento.

Para o próximo trimestre, a empresa prevê novas perdas operacionais entre US$ 410 e US$ 810 milhões. O que seria 16 vezes mais do que a empresa perdeu no mesmo período do ano passado, quando a Amazon anunciou perdas de US$ 25 milhões.

De acordo com analistas, as perdas já podem ser explicadas pela decisão da Amazon de investir no setor de hardware a preços baixos, como o Kindle e a Fire TV, na expectativa de ganhar em seguida com a venda de bens digitais, como livros, filmes, games, apps, música ou programas de televisão.

O desenvolvimento do smartphone Amazon Fire, que deve ser lançado oficialmente hoje (25), também é considerado um investimento pesado de retorno a longo prazo para a empresa.

Mesmo com as perdas, a empresa ainda conseguiu aumentar suas vendas líquidas em 23%, para US$ 19,34 bilhões - em comparação aos US$ 15,70 bilhões do mesmo período de 2013. A expectativa para o próximo trimestre é de um novo crescimento de 15% a 26%.

Nos resultados, a empresa também deu destaque positivo para o crescimento de seu serviço de armazenamento em nuvem Amazon Web Services (AWS), que teve um crescimento "próximo a 90%" de uso em relação ao ano passado.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.