Yahoo quer assumir comando do Tumblr

Por Redação | 08 de Abril de 2015 às 12h23

O Yahoo está passando por mais uma mudança gerencial, desta vez, para trazer o Tumblr para mais próximo de si. De acordo com informações ainda não confirmadas oficialmente, a CEO Marissa Mayer estaria no estágio avançado de uma reorganização junto ao diretor da plataforma, David Karp, de forma a integrar a rede social ao portfólio de serviços da companhia e reduzir o funcionamento autônomo do sistema, que vinha sendo realizado até então.

As mudanças teriam sido discutidas entre Mayer, Karp e outros altos executivos do Yahoo na última semana, durante um encontro anual que acontece fora dos escritórios da companhia. Na ocasião, a CEO teria dado ao diretor do Tumblr a escolha sobre a qual vice-presidente da empresa ele preferia se reportar, de forma que a estrutura organizacional pudesse ser feita de acordo.

Conforme os rumores, o jovem teria selecionado Simon Khalaf, que era o presidente do Flurry, uma ferramenta de análise mobile que foi adquirida pelo Yahoo no ano passado. Ele é um dos últimos executivos a terem sido promovidos ao cargo de vice-presidente, e promete ser um dos grandes nomes por trás da estratégia da companhia para celular e tablets, dois campos nos quais o Tumblr também vem tentando se firmar nos últimos meses.

O movimento faz sentido, mas como citam analistas, pode não ser tão eficiente quanto a empresa espera. O Yahoo acredita que o Tumblr, sozinho, será capaz de trazer US$ 100 milhões em faturamento até o final de 2015, uma ideia que parece um pouco fora da realidade levando em conta a monetização ainda modesta da plataforma e a presença ainda incipiente no mundo mobile.

A compra do Tumblr foi um dos primeiros atos de Marissa Mayer quando assumiu a presidência do Yahoo. A rede social, que trabalha principalmente com o compartilhamento de imagens, é uma das peças-chave da estratégia atual da companhia, que foca cada vez mais em seus setores de busca e publicidade como forma de se manter relevante diante de grandes nomes como o Google, por exemplo.

Desde a aquisição, porém, pouquíssimas mudanças foram realizadas na plataforma. Ela permaneceu operando de forma praticamente autônoma, o que agradou muitos usuários que, como sempre acontece, temiam que a compra do Tumblr pudesse modificar drasticamente seu funcionamento. Tudo tem funcionado bem, o que faz pensar que mesmo com essa aproximação maior, o Yahoo não deve acabar mexendo tão profundamente na rede social, pelo menos não no futuro próximo.

Mais mudanças

Outras alterações no quadro do Yahoo podem incluir também a chegada de Adam Cahan, atual diretor de produtos mobile, ao setor de vídeo. O VP atual da divisão, Michael Kerns, estaria disposto a pedir um afastamento por motivos desconhecidos, acabando por deixar outro setor que é bastante importante para a companhia atualmente.

A possibilidade, porém, parece um pouco fora da realidade já que, de acordo com conversas de bastidores, Cahan não seria exatamente uma figura fácil de se lidar, o que poderia acabar dificultando os esforços do site em busca à relevância. Como nada foi confirmado oficialmente até o momento, porém, fica difícil entender exatamente quais seriam os próximos passos do Yahoo com relação a isso.

Fontes: Business Insider, The Information

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.