Usuário do Instagram mostra que fingir ser rico não é difícil

Por Redação | 26.10.2016 às 17:22
photo_camera Reprodução

Todo mundo sabe que uma boa imagem nas redes sociais pode não passar de um belo fingimento. Entretanto, um usuário do Instagram resolveu provar isso através de um experimento, mostrando que não é difícil bancar o rico na rede social.

O consultor de marketing russo Roman Zaripov, de 23 anos, criou um personagem fictício chamado Boris Bork, interpretado por Boris Kudryashov, um amigo aposentado que ganha mensalmente cerca de US$ 195 (ou R$ 610,45).

Para criar a ilusão de riqueza, ele postava imagens de Kudryashov em locais exuberantes, comprando roupas em lojas de grife ou fazendo refeições em locais badalados em Moscou. Tudo era encenado.

Com estas fotos encenadas, Boris Bork conseguiu levantar mais de 20 mil seguidores na rede social em pouco mais de seis meses.

Conforme destacou Zaripov à BBC, o plano foi o de ver se as pessoas compravam a ideia de seguir um sujeito apenas por suas ostentações de riqueza - mesmo elas sendo falsas.

O mais curioso de tudo foi que, além dos seguidores interessados em acompanhar o dia a dia de alguém (falsamente) milionário, Boris também recebia uma média diária de 30 mensagens com sondagens de empresas que queriam fazer anúncios com as fotos.

"Me surpreendi como, gastando apenas US$ 800 (ou R$ 2.504,40) em dois meses pude fazer com que dezenas de milhares de adultos acreditassem em uma pessoa que não existe", disse Zaripov.

Fonte: BBC