Twitter vai transmitir noticiário de TVs locais quando acontecer uma tragédia

Por Redação | 15 de Fevereiro de 2018 às 15h23
Tudo sobre

Twitter

O Twitter resolveu entrar na briga para reduzir os efeitos das fake news. A partir da agora, a rede social vai transmitir na timeline dos usuários o noticiário de TVs locais nos momentos em que acontecerem tragédias. A rede social está preparando parcerias com canais de notícias.

O primeiro teste aconteceu na quarta-feira (14), com a cobertura do tiroteio que aconteceu em uma escola na Flórida e que deixou 17 mortos. O usuário, ao clicar em um vídeo ao vivo na sua timeline, é direcionado para outra página, que agrega mensagens relacionadas a determinado fato. O serviço funciona por enquanto nos Estados Unidos em caráter de testes.

O problema é que essa seleção será feita por um algoritmo, que não é a melhor maneira de evitar a propagação de notícias falsas. A cobertura do ataque na escola atingiu seu pico com 50 mil telespectadores na rede social.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O Twitter, com essa novidade, caminha na direção contrária à do rival Facebook, que vai reduzir a presença de posts de veículos noticiosos nos feeds dos usuários. Dessa forma, o microblog reforça sua presença como fonte de notícias potencialmente confiáveis.

O gerente de vídeo do Twitter, Kayvon Beykpour, também cofundador do Periscope, disse, em entrevista ao Buzzfeed News, que a rede trabalha para levar conteúdo relevante e confiável aos usuários. Em suas palavras, "ao emparelhar vídeos ao vivo com a conversa no Twitter, não existe uma maneira mais rápida de ver o que está acontecendo no mundo."

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.