Twitter: possibilidade de parceria com Mastercard faz ações subirem

Por Redação | 05.04.2016 às 12:39
photo_camera Divulgação

O altamente sensível e especulativo mercado de ações pode, de fato, sofrer alterações bruscas mais rápido do que alguém digitaria 140 caracteres. Após os comentários de um executivo da Mastercard sobre o interesse da companhia em firmar uma parceria com o Twitter, por exemplo, as ações do microblog experimentaram uma subida rápida.

O dito partiu do presidente para mercados internacionais da Mastercard que, em entrevista ao site CNBC, afirmou que serviços como o Twitter e o Facebook são parceiros em potencial dentro do Vale do Silício. No caso do Twitter, a função Buy Now parece ser de particular interesse – com seu botão incorporável em tweets, o que permite efetuar transações com um único clique.

Como resultado, os papéis do microblog terminaram o fim de semana com uma alta de 8%, sendo negociados a US$ 17,26 – agitando um pouco as coisas após um longo período de amargor, oriundo sobretudo de certa estagnação na base de usuários do serviço desde meados do ano passado.

MasterCard

Apenas comentários e especulações por enquanto

Naturalmente, tal alavancada não deve ser tomada como uma garantia de que, de fato, há discussões em andamento entre as duas empresas – sobretudo quando se considera que o CEO do Twitter, Jack Dorsey, é também o diretor executivo da Square, uma companhia de pagamentos eletrônicos que, de certa forma, compete com a Mastercard.

Não que a operadora de crédito já não tenha pensado com seus botões, é claro. “Eu acredito que a forma como nós poderíamos trabalhar com eles é a mesma com que trabalhamos com outras gigantes da tecnologia: nós imaginamos o que podemos fazer juntos, como a nossa rede poderia funcionar dentro do espaço deles, e então conectamos as coisas”, comentou Ann Cairns, da Mastercard, durante a última edição da conferência Money 2020, realizada em Copenhage (Dinamarca).