Twitter perde mais um diretor, desta vez para o Uber

Por Redação | 23 de Setembro de 2015 às 11h38
photo_camera Divulgação

E o êxodo de executivos do Twitter parece não ter hora para acabar. A saída da vez é de Akash Garg, diretor sênior de engenharia, crescimento e expansão internacional, que deixa a rede social do passarinho para integrar a equipe do Uber. A informação foi revelada pelo próprio através do Twitter.

Após quatro anos no site, ele segue agora para liderar os times de web e mobile do serviço de transportes. Sua experiência com expansão e novos negócios no Twitter, inclusive, deve ser providencial para o Uber, que cada vez mais expande seu rol de soluções para além dos carros e passageiros, investindo também em iniciativas de entrega de comida e mercadorias. Além, é claro, da gigantesca abertura internacional que a empresa vem operando, outro ponto em que Garg deve ser essencial.

A notícia da mudança de ares, inclusive, motivou algumas risadinhas na rede social. Em suas mensagens relacionadas à saída, Garg disse que mal pode esperar pelas novas aventuras que o aguardam. Hunter Walk, um dos fundadores da Homebrew e ex-líder de desenvolvimento de produtos, fez piada com o caso, perguntando ao executivo como ele vai se adaptar agora que mudará para um escritório que fica a um quarteirão de distância do anterior, brincando com o fato de Twitter e Uber serem extremamente próximos.

Longe do humor e do clima esperançoso, porém, a notícia da saída fortalece ainda mais o burburinho sobre os problemas internos do Twitter. Sem um CEO definitivo anunciado, com o cofundador Jack Dorsey estando há meses no cargo de forma interina, o clima parece ser de incerteza, o que acaba levando cada vez mais diretores de peso a deixarem a companhia.

O Uber, inclusive, estaria sendo um dos maiores beneficiados neste momento, uma vez que Garg não é o primeiro executivo a deixar a rede de microblogs para integrar suas fileiras. Outras empresas, como o Facebook, também já absorveram gente graúda que trabalhava por lá e a expectativa é que a dança das cadeiras continue no futuro próximo.

Enquanto isso, no Twitter, o silêncio é total. A empresa não emitiu um comunicado oficial sobre a saída de Grag, mas a roda das especulações já aponta para a possibilidade de Valerie Wagoner, também do time de expansão, assumir o cargo do executivo. Por enquanto, porém, nada de um pronunciamento oficial.

Fonte: TechCrunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.