Twitter leva botão “comprar” para todos os usuários

Por Redação | 16.09.2015 às 08:30

Após um grande período de testes e aparições esporádicas aqui e ali, o Twitter finalmente abriu para todos a possibilidade de utilizar o botão “comprar” nas próprias mensagens da rede social. Com a ajuda da startup especializada em pagamentos mobile Stripe, a rede social implementou nesta semana sua nova função, permitindo que empresas de todo tipo coloquem links de e-commerce diretamente em suas postagens.

A mágica funciona por meio de um sistema chamado Relay, que tem atrações tanto para usuários finais quanto para desenvolvedores. Para os primeiros, é uma forma fácil de vender e comprar produtos diretamente pelo Twitter, sem a necessidade de visitar links adicionais, sites externos ou, o pior de tudo, realizar buscas no Google que poderiam levar a compra da loja original para a concorrência.

Para quem trabalha com aplicativos próprios, o Relay também traz um conjunto de ferramentas que permite incorporar o botão “comprar” diretamente nos softwares. Mais uma vez, a ideia aqui é proporcionar uma solução de segurança e confiabilidade – que, afinal de contas, conta com o aval do Twitter – sem que a compra tenha que acontecer fora dos aplicativos, facilitando todo o processo.

Botão comprar Twitter

E, de forma a alavancar o começo desse processo, é claro que a rede social já conta com alguns parceiros. Além daqueles que já haviam aparecido com os botões “comprar” desde o final do ano passado, quando a solução começou a ser implementada, a grife de óculos Warby Parker e o serviço FabFitFun, que troca o pagamento de assinaturas por uma caixa de “presentes” trimestral, com produtos de tecnologia e moda especialmente selecionados.

O grande foco, claro, são os dispositivos móveis, que exibirão com destaque e lugar todo especial os botões de compra. Os celulares e tablets são uma fonte de receita cada vez mais importante para o Twitter, que continua sofrendo com críticas, estagnação e saída de executivos importantes. A empresa vem tendo dificuldades para continuar crescendo após sua abertura de capital e propostas como essa são exatamente o que ela tem em mente para atingir o patamar desejado por especialistas e investidores.

Fontes: Mashable, Stripe