Twitter está testando sistema que oculta DMs ofensivas

Por Felipe Demartini | 17 de Agosto de 2019 às 08h45
Tudo sobre

Twitter

Saiba tudo sobre Twitter

Ver mais

O Twitter iniciou recentemente os testes de um recurso que pretende ocultar mensagens diretas ofensivas ou que tragam conteúdo sensível. Da mesma forma que acontece com as publicações normais, a rede social passará a exibir um alerta indicando a presença de material desse tipo e apenas mostrará o texto recebido caso o usuário deseje.

O filtro vale para o que o Twitter chama de mensagens “indesejadas” e, nas imagens que acompanharam o anúncio dos testes, a barreira é aplicada apenas em textos enviados por pessoas que não são seguidas pelo usuário. Além disso, foi criada uma nova pasta, a de “mensagens adicionais”, para abrigar as comunicações consideradas ofensivas, sensíveis ou que tragam spams ou ofertas indesejadas, por exemplo.

Da mesma forma que acontece com as publicações normais, o Twitter afirma que todo o processo é feito sem interação humana, apenas pelos algoritmos e inteligência artificial da rede. Aqui, isso é ainda mais importante, afinal de contas estamos falando de mensagens privadas e elas podem conter material confidencial ou privado dos usuários, mesmo se encaixando como indesejável na visão da plataforma.

O Twitter também aponta os ganhos em saúde mental envolvidos em ocultamentos desse tipo, que acabam não expondo os usuários a bullying e abusos. Ao adicionar o mesmo sistemas às DMs, a rede também aponta que se tornou mais fácil identificar e banir os responsáveis por esse tipo de prática, bem como spammers e outros, já que uma categoria apenas para eles acabou sendo criada nas caixas de mensagens dos usuários.

Além disso, claro, uma boa recomendação para quem quiser se manter livre de situações desse tipo é não manter a caixa de DMs aberta a todos. O Twitter possui duas configurações desse tipo, e em vez de permitir que qualquer um entre em contato, pode restringir esse acesso apenas a usuários seguidos mutuamente, ou seja, amigos, familiares, colegas ou, pelo menos, conhecidos, reduzindo as chances de abuso e ultrapassagem de limites.

Fonte: Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.