Twitter divulga relatório global sobre diversidade

Por Redação | 20 de Janeiro de 2017 às 14h49
Tudo sobre

Twitter

Nesta semana, o Twitter divulgou um relatório listando todos os seus esforços relacionados à inclusão e diversidade. Durante o ano passado, a empresa implantou algumas práticas para diversificar a sua força de trabalho, mas também tomou medidas para tentar conscientizar os seus funcionários sobre alguns temas importantes.

O Twitter alega que, em 2016, todas as vagas de chefia abertas em diversos países foram ocupadas por mulheres. A representatividade feminina nos cargos de liderança da empresa subiu de 22% para 30% em 2016, superando a meta de 25%. No entanto, o mesmo não pode ser dito em relação ao aumento da mão de obra feminina em áreas técnicas. Para 2017, a meta é aumentar a presença feminina global na empresa de 37% para 38%.

Já a presença das minorias sub-representadas nos cargos de liderança do Twitter saltou de 0% em 2015 para 6% em 2016. A empresa destaca ainda que também está focada na orientação sexual e identidade de gênero. Em 2016, pela primeira vez, foi dado a todos os novos contratados dos EUA a oportunidade de se autoidentificarem como LGBTQ.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Embora essa coleta de dados seja nova e, portanto, limitada, queríamos que aqueles que escolheram se identificar fossem contados. Dos funcionários que responderam, 10% foram identificados como LGBTQ. À medida que mais funcionários responderem em 2017, esperamos ter um quadro mais completo", disse a empresa.

No panorama geral de etnias, a maior parte dos funcionários de todos os departamentos da rede social ainda é branca (57%). Nos cargos de liderança, o número de brancos é ainda maior (74%), seguido pelos asiáticos (20%).

Dentre outras ações realizadas pelo Twitter ao longo de 2016, um dos destaques fica por conta da parceria com a Paradigm, que é focada em oferecer treinamentos e ajudar empresas a se tornarem mais inclusivas. Esses workshops são realizados por especialistas no campo e oferecem um espaço para que os funcionários aprendam e se conscientizem.

Fonte: Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.