Twitter | Combate a bots e fakes gera queda de 1 milhão de usuários

Por Felipe Demartini | 27 de Julho de 2018 às 09h40
TUDO SOBRE

Twitter

O Twitter teve uma queda de um milhão de usuários ativos no segundo trimestre de 2018 – mas ela não tem a ver com uma redução no interesse das pessoas pela plataforma. Ao revelar os resultados do período em uma conversa com investidores, a rede social mostrou aquilo que já era esperado e que vinha sendo avisado já há algum tempo: o combate intenso contra usuários falsos e bots gerará uma redução significativa nos números.

São perfis voltados para o compartilhamento de spam, manipulação política, realização de golpes ou entrega de malwares, todos problemas com os quais a rede social vinha falhando no combate já há bastante tempo. Nos meses recentes, entretanto, ela comprou essa briga e afirma que vem tendo resultados significativos, mesmo que isso também resulte em uma significativa diminuição em seus números.

E mais quedas, inclusive, ainda estão por vir. A expectativa é de que, ao longo dos próximos meses, o Twitter perca cerca de cinco milhões de usuários mensais por conta dessa limpeza de fakes. O resultado disso, entretanto, é uma rede social mais saudável e livre de problemas, algo que, na visão dos executivos, é um objetivo dos mais apetitosos, que valem o risco de acionistas enxergarem a drástica redução como um sinal de problemas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Essa concepção representa, entretanto, uma faca de dois gumes. O intenso combate aos fakes, sem dúvida nenhuma, significa um passo adiante, mas também é a admissão de que contas falsas vinham sendo contadas como reais, algo que pode não cair muito bem aos olhos de investidores. Tanto que, logo após a revelação dos números, as ações do Twitter tiveram queda de 16%.

Mesmo assim, segundo a empresa, apesar da drástica redução nos números mensais, há crescimento de 11% no total de usuários diários, o que significa que o Twitter está atraindo cada vez mais pessoas para seus domínios, enquanto o aprimoramento de sistemas de segurança e detecção está garantindo que apenas gente “de verdade” esteja ativa na plataforma daqui em diante. Uma vez que as milhões de contas que serão excluídas não existirem mais, a ideia é de um crescimento constante e absolutamente sustentável, pelo menos na visão da companhia.

Balanço financeiro

No campo financeiro, as notícias são boas. O Twitter apresentou lucros sólidos pelo terceiro trimestre seguido. Foram US$ 711 milhões em faturamento, um crescimento de 27% em relação ao ano passado, e US$ 100 milhões em lucros. Essa, também, é uma perspectiva que deve continuar daqui em diante, com ganhos fortes no campo da publicidade e licenciamento de dados.

Nas palavras de Jack Dorsey, fundador e CEO da companhia, os resultados são reflexos do que ele chamou de um esforço para gerar mais valor para seus usuários. Na visão dele, a busca por segurança e, principalmente, conforto para que as pessoas possam se expressar é um dos valores atuais do Twitter e a ideia é continuar esse trabalho, já que, junto com ele, vêm o aumento nos números e o crescimento no faturamento.

Fonte: Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.