Twitter anuncia fim do Vine

Por Redação | 27 de Outubro de 2016 às 14h59
photo_camera Mashable

Para a tristeza de alguns usuários, nesta quinta-feira (27) o Twitter anunciou que vai encerrar o Vine, serviço de compartilhamento de vídeos curtos, "nos próximos meses". O Twitter comprou o Vine em 2012, antes do seu lançamento, que aconteceu apenas um ano depois.

A notícia do encerramento do serviço surge no mesmo dia em que a rede de microblogging anunciou que vai demitir mais de 300 funcionários (o equivalente a 9% da sua força de trabalho global) das suas equipes de vendas, parcerias e marketing.

Por meio de um comunicado, a empresa tentou tranquilizar os usuários, dizendo que "nada acontecerá com o aplicativo, site ou Vines hoje". Isso quer dizer que as pessoas terão um tempo para baixar os seus vídeos da plataforma antes do fechamento do app. O site do serviço continuará funcionando por tempo indeterminado, o que significa que os vídeos já feitos no Vine ainda poderão ser assistidos.

Há algum tempo o serviço que já revelou muitas web celebridades tem lutado para permanecer vivo e relevante. De acordo com uma pesquisa, em julho deste ano, mais da metade das 9.725 contas mais importantes do Vine tinham sido apagadas ou estavam inativas desde o começo de 2016. Aparentemente, a plataforma foi engolida por gigantes como Facebook, Instagram e YouTube. Apesar de ter sido pioneiro na popularização dos vídeos curtos, o Vine não conseguiu se manter inovador o suficiente ao longo dos anos.

A data exata de encerramento ainda não foi divulgada, mas o Vine disse que notificará os usuários sobre qualquer alteração realizada no site ou no aplicativo. E você, vai sentir falta do serviço?

Fonte: Vine

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.