Salesforce chegou a negociar a compra do LinkedIn, mas perdeu a concorrência

Por Redação | 16 de Junho de 2016 às 21h11

Um relatório divulgado pela Bloomberg nesta quinta-feira (16) afirma que a negociação da Microsoft para a compra do LinkedIn não foi sem rivais. De acordo com as informações, a Salesforce também estaria interessada na aquisição da rede social, e aparentemente chegou a fazer propostas para a companhia.

A Salesforce foi aconselhada nas negociações com o LinkedIn pelo banco de investimentos Goldman Sachs, segundo fontes anônimas. E apesar de não ter sido revelado até que ponto as propostas chegaram, o que ficou claro para todos é que a Microsoft acabou levando a concorrência pelo montante de US$ 26,2 bilhões nesta segunda-feira (13).

Algumas fontes garantem que o próprio CEO da Salesforce confirmou, Marc Benioff, a disputa pelo LinkedIn, e que ele admitiu não ter sido capaz de competir com o valor oferecido pela Microsoft. Outro ponto que acabou atrapalhando a possível compra por parte da companhia de Benioff, é que o LinkedIn já estava em processo de negociação com a Microsoft quando a Salesforce fez sua aproximação.

A grande questão é que a oferta da gigante do software não só foi enorme como veio acompanhada de outros benefícios: a companhia de Nadella foi capaz de comprar a rede social em dinheiro e prometeu deixar o LinkedIn funcionar de forma independente.

Curiosamente, fontes também confirmaram numerosos relatos de que a Microsoft tentou comprar a Salesforce no início deste ano, e que tanto o preço oferecido quanto a forma das operações ofertadas foram pontos cruciais para que a negociação acabasse sem resultados. Será?

Fonte: Bloomberg

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.