Russos protestam contra filtro de arco-íris no Facebook

Por Redação | 01 de Julho de 2015 às 10h12
TUDO SOBRE

Facebook

Você deve ter notado em sua conta no Facebook que diversos de seus amigos resolveram inserir um filtro com as cores do arco-íris em suas fotos de perfil na rede social. Esta foi a forma encontrada por milhões de usuários para demonstrar apoio à causa gay, comemorando à liberação da união entre pessoas do mesmo sexo nos Estados Unidos. No entanto, essa atitude de "colorir' o Facebook não agradou a todos.

Alguns russos conservadores resolveram protestar contra a nova moda e, com as cores da bandeira do país (azul, vermelho e branco), inseriram um filtro em suas imagens de perfil. O diretor de arte Oleg Chulakov iniciou o protesto lançando um aplicativo específico após ter recebido milhares de solicitações de amigos que queriam a sua ajuda para que conseguissem alterar suas imagens.

Chulakov afirmou que o aplicativo não traz nenhuma oposição às pessoas LGBT, tampouco dos simpatizantes da causa. "Nós não somos contra ninguém", afirmou o diretor numa entrevista. Os russos aproveitaram a ferramenta para mostrar sua oposição à decisão da Suprema Corte Americana com a divulgação das hashtags #pridetoberussian (#orgulhodeserrusso) e #pridetobestraight (#orgulhodeserhétero). O aplicativo desenvolvido por Chulakov já possui mais de 4 mil downloads entre os russos.

Filtro russo

De acordo com o governo russo, nos últimos anos o país reprimiu os direitos LGBT em defesa dos "valores familiares tradicionais". Para controlar as informações sobre homossexualidade, em julho de 2013, a Rússia aprovou uma lei federal que proíbe o fornecimento de informações sobre este tema para pessoas menores de 18 anos. Realização de eventos de orgulho LGBT e de comícios públicos também são proibidos. Segundo uma pesquisa recente, cerca de 80% dos russos são contra a legalização da união homossexual.

Mesmo com o número expressivo de oposição à causa LGBT, alguns russos se manifestaram a favor da causa. Anna Koterlnikova, que havia alterado sua foto de perfil para uma bandeira do arco-íris afirmou: "Desculpe, eu sou hétero e russa, mas eu não sou homofóbica!".

Fonte: Mashable

Participe do nosso grupo de ofertas no Facebook e tenha acesso aos melhores descontos e cupons para você garantir sempre o menor preço em suas compras online.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.