Rumor: Facebook está desenvolvendo serviço próprio de streaming de músicas

Por Redação | 09 de Julho de 2015 às 11h56

E o Facebook segue cada vez mais próximo de ter seu próprio serviço de streaming de músicas. Após os rumores de que a empresa de Mark Zuckerberg estava em negociação com várias gravadoras, parece que o mistério por trás dessas conversas está perto de acabar. Afinal, um novo rumor surgiu para reforçar as intenções da rede social de ter seu próprio rival para o Spotify.

Segundo o site Music Ally, várias fontes confirmaram que esse é o caminho que o Facebook deve tomar e que, no momento, todos estão se esforçando para tirar a ideia do papel e transformá-la em realidade. E as conversas com as grandes gravadoras seria um enorme passo nesse sentido, uma vez que o segredo do sucesso está nessas parcerias exclusivas.

A diferença é que, assim como se acreditava no começo, a proposta não é lançar uma ferramenta inédita para concorrer com o que já está aí há muito mais tempo, mas se aproveitar daquilo que os usuários já estão acostumados a utilizar. Assim, a solução encontrada teria sido dar mais utilidade ao sistema de vídeo existente no Facebook.

Além disso, a página ainda diz que outro ponto de discussão entre a rede e as demais companhias está na forma de geração de receita. Ao que parece, a rede social quer seguir um formato semelhante ao do Spotify, ou seja, baseado em um sistema de anúncios.

Outro ponto que chama a atenção é a possibilidade de termos uma ferramenta de controle que impeça o compartilhamento de conteúdo não autorizado. De maneira semelhante ao que o YouTube oferece com o Content ID, o Facebook quer trazer um meio para que artistas e gravadoras saibam quando um vídeo foi enviado por outro usuário e, caso achem necessário, tirem aquele conteúdo do ar.

O Music Ally ainda afirma que a ideia é trazer a novidade dentro dos próximos meses, pegando carona no surgimento do Apple Music, do Tidal e no próprio buzz criado com torno dessas diferentes iniciativas. A diferença é que o Facebook já entra na briga com uma base de usuários gigantesca e o único desafio será convencê-los a adotar o formato proposto.

Via: Music Ally, Übergizmo

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.