Rede social exclusiva para crianças já tem mais de um milhão de usuários

Por Redação | 13.05.2015 às 09:57
photo_camera Foto: Reprodução

Destinada apenas a um público jovem, mais especificamente crianças e adolescentes de 5 a 16 anos, a plataforma Grom Social foi criada por um garoto de apenas 11 anos e já possui 1,1 milhão de usuários no mundo todo. Zach Marks, hoje com 14 anos, aprendeu a programar sozinho com a ajuda de tutoriais na internet e plataformas gratuitas, como a Khan Academy.

A Grom Social funciona como se fosse um Facebook, mas mais seguro por oferecer aos pais meios para monitorar a conta do filho, além de ter acesso a um portal exclusivo para acompanhar o que está acontecendo lá dentro. Zach garante que profissionais também supervisionam a rede social 24 horas por dia.

Zach Marks

A ideia da plataforma surgiu quando Zach foi proibido pelo pai, Darren, de ter uma conta no Facebook. "Eu expliquei para ele que o Facebook era uma rede social para adultos e que se existisse uma voltada para crianças ele poderia entrar. Mas nunca imaginei que depois de um tempo ele me mostraria um site pronto", conta Darren. Hoje, o Grom Social se tornou um negócio de família.

Zach esteve no Brasil na última semana para divulgar a rede social em escolas do interior de São Paulo e da capital. O jovem empreendedor diz que a visita foi muito especial, pois foi a primeira vez que ele entrou em contato com estudantes.

Ele ainda diz que a recepção foi bastante positiva e que alguns alunos disseram usar a rede social para aprender inglês, pois elas podem conversar com outras crianças de várias partes do mundo. Mesmo assim, a Grom Social disponibiliza uma versão traduzida para o português.

O cargo de Zach na Grom é relacionado à criação, enquanto o pai ocupa a função de CEO. "Eu estou envolvido em praticamente tudo. Eu sempre trago novas ideias, funções novas que poderiam ser adicionadas e depois discutimos. Então, basicamente eu assumo a parte divertida do negócio", conta Darren. O Grom também deve lançar, em breve, um aplicativo que já está em fase de testes.

Zach acredita que a rede social deu tão certo porque foi criada por uma pessoa com a mesma idade do público-alvo. "É uma rede para crianças e adolescentes. E, bem, eu sou um deles. Então, eu sei o que nós queremos".

Fonte: IDG Now