Pinterest vai lançar player de vídeo nativo com ferramenta de busca visual

Por Redação | 04.08.2016 às 20:18
photo_camera Pinterest

Apesar de já estarem disponíveis há um tempo no Pinterest, vídeos nunca tiveram a mesma atenção que fotos na plataforma – mas isso pode mudar. A rede social divulgou, na última quarta-feira (3), que deu início à fase de testes no player de vídeo do próprio site. A ferramenta de busca visual será atualizada e passará a funcionar também em vídeos.

Para o gerente de produtos do Pinteres Steve Davis, o site é um lugar onde as pessoas vão para descobrir novidades inspiradoras ou aquilo que querem no mundo real. "De educação para filhos à decoração do lar, é um lugar onde se pode encontrar conteúdo para interagir no mundo real. Seja isso comprar ou desenvolver habilidades, essa é a proposta central do Pinterest", explica.

Pinterest buscas

A iniciativa da empresa reforça que o rumo atual da internet como um todo está nos vídeos. "Vídeos são uma maneira melhor de explicar muitas coisas. Tem uma razão para programas de culinária serem tão populares – é muito mais divertido do que ler um artigo", acrescenta Davis.

Em tempos de múltiplas redes sociais, é preciso se diferenciar e um dos pontos fortes do Pinterest é a ferramenta de busca. Nela, é possível encontrar uma infinidade de itens por associação ou busca visual, bastando selecionar o conteúdo que está em uma foto e encontrar resultados semelhantes. Mais do que isso, é possível direcionar os usuários para vendas diretas de produtos.

Ao levar essa peculiaridade para os vídeos, a rede social vai oferecer algo que nenhuma outra oferece e ter em mãos a chance de aproximar usuários de modo que resulte numa maior comercialização de produtos.

Para os geradores de conteúdo, ter um player de vídeo nativo é uma ótima notícia. Muito tempo e esforço será poupado ao não ter de direcionar usuários para sites terceiros ou embutir vídeos com códigos, além de ter uma indexação muito mais detalhada, facilitando assim a criação de audiência e engajamento do público a partir de uma experiência de usuário mais rica.

Fonte TechCrunch