Pinterest lança recurso que permite fazer buscas usando imagens na rede social

Por Redação | 09 de Novembro de 2015 às 10h52

O Pinterest lançou nesta segunda-feira (9) uma tecnologia que permite que os usuários pesquisem por objetos e locais sem o uso de texto. A empresa disse que a tecnologia é um passo em direção a um novo tipo de motor de busca visual que ela chama de "mecanismo de descoberta".

Neste caso, o internauta pode, por exemplo, selecionar uma luminária retratada cima de uma mesa de jantar para que depois possa ver fotos de outras luminárias em estilos e cores semelhantes. Com isso, as pesquisas por determinados itens devem ficar mais fáceis e intuitivas. A rede social afirma que já indexou cerca de um bilhão dessas imagens para o novo motor de busca.

Os executivos do Pinterest dizem que isso irá ajudar os usuários a encontrar coisas que eles não sabiam que gostavam. O novo recurso também é esperado para ajudar o Pinterest em publicidade, um fator importante para os investidores que valorizaram a empresa em US$ 11 bilhões.

Pinterest

Em cinco anos, o Pinterest acumulou 100 milhões de usuários que já postaram juntos mais de 50 bilhões de imagens, ou pins. Neste ano, a companhia começou a gerar receita pela primeira vez com o "pin promovido", um anúncio que tem como alvo usuários com base em seus interesses, locais ou pesquisas. Em seguida, expandiu os anúncios para vídeos e introduziu mais opções de segmentação. No mês de junho, acrescentou um botão "comprar", permitindo aos usuários adquirir itens sem sair do aplicativo do Pinterest.

"Se o Pinterest quer atrair os orçamentos de publicidade em pesquisa, eles precisam ter realmente uma boa pesquisa", disse Deborah Aho Williamson, analista principal da eMarketer. "Está ficando melhor, mas há muito trabalho a ser feito". Para o Pinterest a recompensa pode ser enorme, tendo em vista que o mercado de publicidade de pesquisa deve movimentar US$ 29,2 bilhões no próximo ano, respondendo por quase metade de toda a publicidade digital.

A empresa tem investido forte na busca visual. No ano passado, o Pinterest adquiriu a VisualGraph, uma startup liderada por Kevin Jing, que havia trabalhado em pesquisa de imagens no Google. Jing, ao lado de outro engenheiro, criou um software para aplicar a tecnologia de detecção de objeto.

Fonte: Pinterest

Fonte: http://www.wsj.com/article_email/pinterest-sharpens-its-visual-search-skills-1447015155-lMyQjAxMTA1NDAxODIwNDg1Wj

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.