Pesquisa revela os lugares mais bizarros onde as pessoas acessam o Facebook

Por Redação | 19.08.2015 às 09:16

Você é o tipo de pessoa que não consegue se desligar do Facebook nem por um momento? É claro que praticamente todo mundo dedica um bom tempo à rede social todos os dias, mas sempre tem aqueles que são um pouco mais viciados e não conseguem ficar um minuto sequer longe dela. Seja enquanto anda na rua, quando vai ao cinema ou mesmo quando está dirigindo, o importante é estar de olho no que seus amigos estão fazendo.

E, para mapear um pouco desse comportamento quase obsessivo, o site Stop Procrastinating fez uma pequena pesquisa para identificar até que ponto vai essa paixão pelo Facebook. Afinal, essa necessidade de verificar as últimas novidades é considerada normal ou já começa a caracterizar algum tipo de dependência?

Independentemente da resposta, a verdade é que a grande maioria das 2.000 pessoas que responderam ao questionário revelou estar preocupada com essa questão. Apenas para ter uma ideia, 56% delas se descreveram como usuárias compulsivas e, dentro desse grupo, 68% disseram estar preocupadas com uma possível perda de controle.

Vício Facebook

E razão para isso não falta. Os entrevistados citaram situações um tanto quanto absurdas em que eles já conferiram quais são as últimas novidades nas terras de Mark Zuckerberg. Afinal, como não estranhar quando 45% das pessoas disseram que já inventaram uma desculpa para sair de uma roda de amigos só para dar uma olhadinha rápida em seu feed de notícias?

Além disso, eles informaram que já atualizaram seus perfis ou curtiram e comentaram em alguma publicação em lugares bem pouco ortodoxos, como durante um velório e em seu próprio casamento, como 14 e 12% dos entrevistados responderam, respectivamente. Outros 9% falaram que estavam mais preocupados em ver que as fotos da festa ficaram ótimas do que procurar um abrigo durante uma tempestade.

Aliás, interações com a rede social são recorrentes em vários momentos do relacionamento. Cerca de 11% das pessoas afirmaram que acessam durante o primeiro encontro e 17% dizem que dão aquela olhada rapidinha logo após o sexo.

Há ainda aqueles que não largam a rede social nem mesmo quando vão ao banheiro, já que 56% disseram que aproveitam os momentos no vaso sanitário para dar aquela olhadinha rápida (quem nunca?) e outros 15% falaram que nem mesmo embaixo do chuveiro é hora de deixar a página de lado.

Facebook vicio

A pesquisa do Stop Procrastinating mostra ainda outras situações, como após algum processo operatório (22%), enquanto dirigem (16%) e nem mesmo o cinema é perdoado, já que 33% das pessoas acham mais interessante ver o que seu primo curtiu do que ver o filme em si.

E se você acha que tudo isso é exagero e que nada corresponde a um quadro real de vício, os próprios resultados levantados pelo site mostram o contrário. Apenas para ter uma ideia, 36% das 2 mil pessoas entrevistadas afirmaram que ficam com raiva ou irritadas quando ficam impossibilitadas de acessar a rede social — um tipo de comportamento de abstinência bastante comum quando se trabalha com qualquer tipo de dependência.

Você pode conferir os números e resultados totais na arte abaixo liberada pelo próprio site. E, mais do que isso, que tal nos contar em qual grupo você se encaixa ou, se for o caso, em que tipo de outra situação bizarra você já acessou o Facebook?

Vício Facebook

Via: Stop Procrastinating, Design Taxi