Facebook descobriu um jeito de burlar os bloqueadores de anúncio

Por Redação | 09.08.2016 às 14:49
photo_camera Divulgação

É difícil encontrar alguém que goste de anúncios, mas eles são necessários para financiar os conteúdos gratuitos produzidos na internet. Mas, convenhamos, o Facebook exagera, e, daqui a pouco, o site de Mark Zuckerberg vai furar os bloqueadores de anúncios. Esses são programas e extensões de navegador que, como o nome diz, impedem a exibição de banners e outros formatos de propaganda.

De acordo com um artigo publicado no Facebook, Andrew Bosworth, vice-presidente de plataformas de negócios e anúncios, escreve que a rede social "passará a mostrar anúncios na versão desktop para pessoas que usam software de bloqueio". Ele não entra em detalhes sobre como isso será feito.

A desculpa para isso são os novos controles de anúncios, que permitem ao usuário melhor gerência sobre a publicidade mostrada na rede social. Para isso, a página de preferência de anúncio ficará mais fácil de usar, permitindo inserir ou suprimir tópicos de interesse (aproveite e acesse esta página para revisar seus gostos). Esses dados serão usados pelo Facebook na hora de exibir os banners, na esperança de que sejam mais relevantes para o usuário.

Bosworth diz acreditar que, quando um anúncio é relevante e bem-feito, se torna útil, ajudando a encontrar novos produtos e serviços – e introduzir o usuário a novas experiências. Ele acusa fabricantes de bloqueadores de aceitarem dinheiro para liberar anúncios outrora retidos – algo também já oferecido ao Facebook. Em vez de pagar a essas empresas, a rede social diz que preferiu dar mais controle para os usuários.

Será que a experiência do usuário vai realmente melhorar com isso? Veremos em breve.

Fonte: Facebook