Orkut não morreu: rede social está de volta e agora se chama "Hello"

Por Redação | 22 de Junho de 2016 às 22h15
photo_camera Divulgação

Antes do Twitter, Facebook, Instagram e tantas outras redes sociais se estabelecerem como as preferidas dos usuários brasileiros, um engenheiro turco lançava em 2004 aquela que se tornaria a primeira grande plataforma social no Brasil: o Orkut. Agora, o criador o serviço, Orkut Büyükkökten, anunciou seu novo site, chamado Hello.

O Hello tem uma proposta bem parecida com a de seu "irmão mais velho", mas agora se tornou um aplicativo para dispositivos móveis iOS e Android – sem abandonar a versão web. De acordo com Büyükkökten, a rede social estava em desenvolvimento desde que o Orkut foi fechado, em 2014, na mesma época em que o desenvolvedor deixou de trabalhar no Google após 16 anos como funcionário da empresa. A equipe por trás do Hello é formada pelo turco e outros engenheiros que também trabalhavam na gigante das buscas.

"O Orkut tinha se tornado uma comunidade com mais de 300 milhões de pessoas e foi uma incrível aventura para todos nós. Ninguém queria que perdêssemos o que tínhamos criado juntos. Nós conhecemos novas pessoas extraordinárias. Paqueramos. Encontramos novas oportunidades de trabalho. Até casamos e tivemos filhos por causa do Orkut. Fizemos tudo isso acontecer, juntos. (...) Hello é a próxima geração do orkut", escreveu Büyükkökten numa página personalizada com as cores e o design do antigo Orkut.

De acordo com o site do Hello, cada usuário terá um perfil próprio. Você pode se conectar apenas com pessoas conhecidas, mas também por meio de afinidades e interesses em comum com outros usuários. No mais, a plataforma não foge do clichê das redes sociais, e apresenta uma linha do tempo – a "Folio" – com os assuntos mais relevantes, sistema de recomendação de amigos, batizado de "Potentials", e comunidades chamadas "Personas" que reúnem discussões das coisas que você e outros internautas têm em comum.

Por enquanto, o Hello já está disponível nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Nova Zelândia, em versões desktop e mobile. A expectativa é que o serviço chegue ao Brasil e em outros países ainda em outubro deste ano, e já é possível pedir um convite pelo site oficial da plataforma (clique aqui para acessar).

"Eu tenho esperança sobre esse nosso mundo. Eu tenho certeza que quanto mais nos conectarmos, mais bonito ele se tornará. Eu criei o orkut com isso em mente. É o mesmo motivo pelo qual eu criei a primeira rede social do mundo, quando eu ainda era um estudante de mestrado na Universidade de Stanford, e é por isso que eu dediquei a minha vida inteira a ajudar as pessoas a conectarem-se umas com as outras. (...) Eu inventei a Hello para ajudá-lo a conectar-se com pessoas que compartilham das suas paixões", disse o engenheiro turco.

Fonte: Hello

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.