No Facebook, todos estão a menos de quatro graus de separação uns dos outros

Por Redação | 08 de Fevereiro de 2016 às 17h00
Tudo sobre

Facebook

Existe uma teoria de que qualquer pessoa do mundo está conectada a qualquer outra por meio de seis laços de amizade. Quer dizer, um amigo seu com certeza tem um amigo, que conhece alguém, que já conversou com uma pessoa que tenha trabalhado lado a lado com o Jack Nicholson. No Facebook, entretanto, essa distância é ainda menor e, de acordo com uma pesquisa da própria rede social, qualquer usuário do serviço está a 3,57 graus de separação de qualquer outro.

E esse total, segundo a empresa, tende a reduzir cada vez mais na medida em que a plataforma chega a novos locais e mais gente se inscreve nela. Em 2011, por exemplo, quando eram 721 milhões de usuários, esse índice era de 3,74. Hoje, com o total beirando os 1,6 bilhão, é de 3,57, um número que é reduzido ainda mais quando se leva em conta apenas um país em específico.

A título de referência, o Facebook disponibiliza métricas particulares para cada usuário, desde que ele esteja logado na rede social ao ler o estudo. Na média geral, por exemplo, o autor deste texto está a 3,32 graus de separação de qualquer outra pessoa no Facebook, e a 3,17 de seu fundador e criador, Mark Zuckerberg.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os números, entretanto, servem como mais do que apenas uma anedota divertida para ser contada para os amigos. Para o Facebook, trata-se de uma prova de que as pessoas, hoje, estão mais conectadas do que nunca, e serve até mesmo para refutar a antiquada ideia de que redes sociais, computadores e celulares estão afastando as pessoas, em vez de uni-las.

Para a empresa, é exatamente o contrário, e apenas a forma de interação mudou. O Facebook cita, por exemplo, as milhares de histórias de pessoas que encontraram parentes que não viam há décadas ou amigos de infância cujo contato havia sido perdido ao longo dos anos. Os dados sobre graus de separação, então, vêm apenas para corroborar essa noção.

Fonte: Facebook

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.