Mudança discreta em ícone do Facebook é um grande passo à igualdade de gênero

Por Redação | 08.07.2015 às 13:31

Em tempos em que a discussão sobre a representatividade da mulher está em alta, o Facebook traz uma pequena mudança que dá mais força ao debate. Ao longo da última semana, várias pessoas perceberam que o ícone de amizades recebeu uma alteração discreta, mas repleta de significado. No perfil de muitos usuários, o símbolo da mulher que antes estava atrás do homem agora está ao seu lado.

A mudança é sutil e nem todo mundo notou. De qualquer forma, trata-se de um enorme passo para a discussão relacionada à igualdade de gênero que vemos se desenrolando nas redes sociais nos últimos meses.

E a responsável pela mudança, Caitlin Winner, explicou como tudo isso aconteceu. Em seu perfil no Medium, a gerente de design do Facebook contou que estava revisando um manual da empresa e descobriu um arquivo com as imagens vetorizadas de cada ícone. E, ao olhar mais atentamente ao símbolo feminino, ela reparou que o desenho estava torto em um dos ombros e aproveitou isso para fazer uma reformulação completo em seu visual.

Ícone Facebook

A princípio, a ideia era apenas refazer o ícone da mulher, dando feições mais femininas e corrigindo pequenos elementos. O ombro torto foi consertado e ela ganhou um corte de cabelo menos caricato. E, para criar uma unidade, ela decidiu mexer na imagem masculina e até criou um terceiro sem gênero definido.

E foi a partir disso que ela teve a sacada. Segundo Caitlin, o simbolismo presente no ícone original a incomodava exatamente por trazer a mulher em segundo plano, como se estivesse à sombra do homem. Por isso, a designer começou a fazer experimentações para tentar mudar isso e acabar com essa representação depreciativa.

O resultado final é esse mostrado acima e que coloca homem e mulher lado a lado e com tamanhos praticamente idênticos. Ainda que, em termos de perspectiva, o ícone feminino esteja à frente, você não percebe mais um tom de prioridade ou mesmo superioridade como tínhamos até então.

Ícone Grupo Facebook

Isso serviu de incentivo também para mexer no símbolo dos grupos, que passou a receber as três figuras concebidas por ela inicialmente. E os seus colegas de equipe gostaram tanto do seu trabalho que começaram a usar em pequenos projetos até o ponto em que o próprio Facebook abraçou a mudança e vem trazendo, aos poucos, a nova representação.

Mais uma vez, trata-se de um pequeno passo em direção à tão desejada igualdade de gênero, mas que representa muito dentro de seu contexto. Não há como negar a importância do Facebook e ver a rede social abraçando essa causa — assim como fez com o apoio ao casamento gay há algumas semanas. É uma conquista e tanto.

Via: Caitlin Winner, The Next Web