Moments podem começar a aparecer na própria timeline do Twitter

Por Redação | 10.06.2016 às 19:35
photo_camera Divulgação

Muito em breve, o Moments, serviço de curadoria jornalística e de tópicos de destaque do Twitter, pode ganhar um espaço em meio à sua linha do tempo. Pelo menos foi isso o que viram, nesta sexta-feira (10), uma série de usuários dos países em que o serviço está ativo, incluindo o Brasil.

A novidade deu as caras nos aplicativos da rede social para iOS e Android. Em meio às postagens de amigos e contas seguidas, surgiu um carrossel horizontal com os principais Moments. O usuário poderia passar o dedo de um lado para o outro para conferir as principais notícias e clicar nelas para ter acesso às informações em tela cheia, bem como links para obter mais informações sobre aquele assunto.

500 Days of Summer

A caixa seria chamada de “Moments recomendados” e pode ser fechada com um toque. Entretanto, assim como acontece com as postagens populares ou de contas não seguidas, mas que o usuário pode gostar, ela volta a aparecer depois de um tempo, com a ação de tirá-la de vista servindo como um alerta à rede social de que o conteúdo exibido, e não necessariamente a presença da função em si, não está agradando.

Os testes incluiriam até mesmo usuários brasileiros. O nosso país é um dos únicos, ao lado dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Austrália, a contar com a função Moments, que tem equipe local dedicada a selecionar as principais notícias e tendências do momento. Até agora, entretanto, ela era uma funcionalidade complementar, disponível por um botão específico nos aplicativos e também na interface web. Colocá-la em meio à timeline dos usuários é uma maneira de atrair mais atenção ao recurso, que muitos, provavelmente, nem mesmo sabiam existir.

Falando nela, inclusive, não existem relatos do Moments aparecendo na linha do tempo de usuários do Twitter no destkop. A própria empresa confirmou a realização de testes ligados às plataformas mobile, mas não disse se existe uma intenção de integrar o sistema a todos os usuários do serviço.

Fonte: Engadget