Apps do LinkedIn para desktop e mobile ganham repaginada da Microsoft

Por Redação | 14 de Abril de 2017 às 18h25
photo_camera LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social popular, apesar de passar longe de ser usada por todo mundo. De qualquer forma, a plataforma foi adquirida pela Microsoft em junho de 2016 por incríveis US$ 26,2 bilhões, e a empresa de Redmond finalmente começa a dar seu ritmo às coisas por lá.

Recentemente, a companhia colocou no ar uma nova versão do site, totalmente repaginada, mais bonita e funcional. Agora, é a vez dos aplicativos para desktop e mobile do LinkedIn ganharem novas versões, também com visual alterado a fim de oferecer uma experiência multiplataforma semelhante e funcional.

Além de uma cara nova, as novas versões disponibilizadas nesta semana para todas as plataformas suportadas pelo LinkedIn trazem também novas funcionalidades. Entre elas se destacam a possibilidade de personalizar notificações a fim de deixar o conteúdo mais importante sempre à mão. Agora, você escolhe quais informações chegarão a você por meio dos alertas.

Outra novidade inclui uma ferramenta de corte de imagem mais aprimorada, algo que também deve incrementar a forma como imagens são compartilhadas na rede — vale lembrar que o LinkedIn também funciona como uma espécie de plataforma de blogs dedicados a negócios e empreendedorismo.

Novo visual do aplicativo do LinkedIn para desktops. (Foto: Divulgação/LinkedIn)

Assuntos do momento

Uma prática popularizada pelo Twitter, os assuntos do momento também chegaram ao LinkedIn. Na nova versão dos aplicativos, a rede social ganhou uma aba exclusiva na qual é possível descobrir e acompanhar os principais temas debatidos nos seus círculos. A novidade deve permitir com que os usuários visitem mais páginas e interajam mais dentro da plataforma.

Entre os novos recursos do LinkedIn estão também a possibilidade de gerenciar comentários em artigos longos. Além de poder apagar comentários indevidos, agora os usuários podem também ativar ou desativar esta seção sempre que desejarem.

Sem parar

Na postagem em que anuncia a boa nova, a equipe responsável pelo LinkedIn conta ainda algumas novidades que virão por aí em breve. Elas incluirão a possibilidade de organizar o feed de acordo com as principais publicações ou aquelas mais recentes e também formas mais simples de ver o perfil expandido de outros usuários e também de publicar artigos na rede social.

Fonte: LinkedIn