Mark Zuckerberg admite em testemunho que seus dados pessoais também vazaram

Por Ares Saturno | 11 de Abril de 2018 às 14h30
photo_camera Reprodução
TUDO SOBRE

Facebook

Mark Zuckerberg testemunhou, na última terça-feira (10), sobre a exposição de dados de mais de 87 milhões de usuários do Facebook para a Cambridge Analytica. Durante a parte do testemunho que se baseava em perguntas direcionadas a Mark que deveriam ser respondidas apenas com "sim" ou "não", a democrata Anna Eschoo, do estado da Califórnia, questionou ao executivo: "Seus dados pessoais estavam inclusos entre as informações vendidas às terceiras partes maliciosas?". A resposta de Zuckerberg foi "sim".

Não está claro se os dados vazados da conta pessoal do executivo se deram por meio do aplicativo "this is your digital life", associado aos outros vazamentos, ou se algum dos contatos de Zuckerberg acabou expondo o CEO.

O Facebook começou, essa semana, a enviar notificações aos usuários que tiveram seus dados vazados, além de disponibilizarem uma página para que os próprios usuários pesquisem se suas informações ou os dados de seus amigos constam na longa lista de vazamentos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Acontece nessta quarta-feira (11) a segunda parte do testemunho de Zuckerberg, que também é transmitida ao vivo.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.