Linkedin vai te ajudar a procurar um novo emprego sem que seu chefe desconfie

Por Redação | 06 de Outubro de 2016 às 10h21

A rede social corporativa LinkedIn apresentou uma nova função que deverá deixar mais fácil a vida de quem busca um novo emprego sem deixar o antigo antes. Apelidada de "Open Candidates" (ou "candidatos abertos"), a ferramenta permitirá que pessoas se candidatem a vagas oferecidas por empresas de forma privada, através da plataforma Recruiter da rede social.

Desta forma, o LinkedIn não divulgará amplamente o interesse do usuário pela vaga, o que significa que colegas de trabalho ou superiores que também frequentam a rede social não terão como saber que a pessoa está em busca de uma nova posição.

Ainda assim, recrutadores ficarão sabendo do seu interesse e continuarão tendo acesso normal ao seu perfil para avaliá-lo para a vaga. A função deverá ser disponibilizada aos poucos globalmente, a partir desta quinta-feira (6).

Além da Open Candidates, duas outras funções também deverão começar a ser implementadas nesta semana. Desde sua aquisição pela Microsoft, em junho, pelo valor de US$ 26 bilhões (cerca de R$ 85 bilhões), o LinkedIn tem implementado uma série de novas atualizações incrementais - incluindo um redesenho da página principal e um sistema de mensageria inteligente.

A primeira, apelidada de "Apply Starters", permite que usuários compartilhem seus perfis com empresas logo que começarem a preencher um formulário de recrutamento no site. O objetivo da função é estimular usuários a terminarem o processo de inscrição em vagas oferecidas via LinkedIn, já que, em média, três quartos das pessoas desistem no meio do caminho.

As páginas de carreira de companhias dentro do site também deverão receber um update e poderão incluir agora informações sobre vagas disponíveis, cultura corporativa e dados gerais sobre a marca da empresa.

Fonte: Digital Trends

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.