LinkedIn anuncia nova ferramenta de comparação de salários

Por Redação | 03.11.2016 às 08:43 - atualizado em 03.11.2016 às 09:48

O LinkedIn anunciou na quarta-feira, 2, o ‘LinkedIn Salary’, uma nova ferramenta de comparação de salário, que traz insights aos usuários para saberem se o que estão ganhando está de acordo com demais profissionais de sua área de atuação.

No entanto, se você quiser usar os recursos da nova ferramenta, você deve primeiro dizer à rede social o quanto você está ganhando atualmente, a não ser que seja membro do LinkedIn Premium. “Ninguém será capaz de ver ou acessar seus dados salariais”, ressalta o LinkedIn em sua seção de ajuda.

A rede social ainda promete que seus dados salariais serão criptografados e permanecerão separados de sua identidade e perfil. "Quando você envia os dados salariais, sua entrada é criptografada com a tecnologia RSA-2048. Isso nos ajuda a garantir que suas informações sejam armazenadas com segurança e permaneçam protegidas."

Com visual arrojado, o recurso fornece um panorama completo sobre sua função e profissão escolhidas, incluindo informações detalhadas sobre o salário base e fatores adicionais como bônus anual oferecido por certas indústrias.

Você também será capaz de ver os locais que oferecem o melhor salário para a profissão que especificou, e ver o número de vagas disponíveis nos mesmos. O LinkedIn reforça que a região em que você trabalha pode ter um grande impacto em sua carreira.

O LinkedIn espera que sua nova ferramenta de comparação salarial resulte em maior atividade em seu site, com mais pessoas se candidatando a vagas e seguindo empregadores ativos - o que equivale a dados ainda mais valiosos para a empresa.

Por enquanto, o LinkedIn Salary está disponível apenas nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Não há informações sobre quando o novo recurso será liberado para demais países. Confira no vídeo abaixo como funciona a ferramenta:

Fonte: Digital Trends