LinkedIn agora permite que todos usuários façam upload de vídeos

Por Redação | 14 de Julho de 2017 às 10h13

O LinkedIn permitirá que os seus usuários possam fazer upload de vídeos diretamente de seus dispositivos móveis. Este é um passo importante para a evolução da plataforma, que quer se tornar algo mais do que apenas um local para apresentar dados profissionais.

Os vídeos carregados pelo usuário serão reproduzidos automaticamente no feed da rede social com o som desligado, da mesma forma como acontece no Facebook e no Twitter. O LinkedIn permitirá, no entanto, que os usuários desativem a reprodução automática dos vídeos caso desejarem. Outra informação importante sobre a chegada da funcionalidade é que os vídeos poderão ter duração máxima de 10 minutos e poderão ser gravados horizontalmente ou na vertical.

Além de apresentar as informações convencionais de um vídeo online (como visualizações, curtidas e compartilhamentos), no LinkedIn os vídeos também apresentarão informações aos espectadores sobre em que empresa o perfil trabalha e suas recomendações profissionais.

O aplicativo do LinkedIn permitia apenas o compartilhamento de imagens, enquanto que os vídeos ficavam disponíveis apenas para alguns usuários na versão web. Com a chegada dos vídeos para todos os usuários, a expectativa da rede social, cuja proprietária é a Microsoft, é se tornar uma grande plataforma de conteúdo profissional. Além disso, espera-se que o site consiga chamar a atenção das empresas que utilizam vídeos como sua estratégia de marketing digital e se torne mais um canal disponível para os anunciantes conquistarem seus potenciais clientes.

Anteriormente o LinkedIn já havia lançado o recurso de vídeo para um pequeno número de influenciadores nos Estados Unidos. Estes vídeos eram ainda mais curtos, podendo ter no máximo 30 segundos. Agora, porém, todos os usuários poderão contar com a novidade, que será lançada "nos próximos meses".

Fonte: Marketing Land

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.