Juiza aconselha Donald Trump a parar de bloquear usuários no Twitter

Por Natalie Rosa | 12 de Março de 2018 às 10h41
CNN
Tudo sobre

Twitter

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não vem lidando muito bem com usuários contrários ao seu governo e resolveu bloquear usuários do Twitter que falem mal da sua administração. A medida, no entanto, não é favorável à reputação do presidente e nem à população, segundo a juíza Naomi Reice Buchwald.

Em corte de Nova York, a juíza afirmou que o presidente pode evitar estes usuários apenas silenciando as contas. "Não seria a resposta apenas silenciar a pessoa que ele acha ofensiva?", questionou a juíza em tom de sugestão. No entanto, apenas silenciando o usuário, Trump somente não veria os tweets da pessoa em questão, mas ela ainda pode visualizar seu conteúdo e respondê-lo.

Trump é usuário assíduo do Twitter, o que levou um grupo de sete pessoas a criticar sua postura registrando um processo contra o presidente. De acordo com a ação judicial, o presidente os bloqueou após ele ser criticado, o que, para os reclamantes, seria uma violação da liberdade de expressão garantida pela Constituição dos Estados Unidos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O governo norte-americano rebateu afirmando que que o presidente pode escolher com quem ele vai interagir ou não. A juíza pediu que ambas as partes definam um consenso que agrade a todos.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.