Internet.org abre vagas para estreitar relacionamento com operadoras no Brasil

Por Redação | 07 de Outubro de 2015 às 09h16
Tudo sobre

Opera

Apesar de ainda não ser oferecido oficialmente no Brasil, o Internet.org pretende trazer ao território nacional seu projeto de levar conexão à internet para parcelas menos favorecidas da população. Nesta semana, o Facebook divulgou novas vagas de emprego para "engenheiros parceiros" com o objetivo de estreitar as relações com as operadoras atuantes no país e começar a preparar o terreno para a chegada do serviço.

"Esse papel é uma oportunidade de ser parte dessa iniciativa ao trabalhar com operadoras globais para criar novos modelos de negócio e levar internet de baixo custo aos desconectados", diz o anúncio da companhia, que oferece duas vagas com base em Menlo Park, na Califórnia (Estados Unidos), apesar de responderem à sede do Facebook em São Paulo.

A primeira vaga é para engenheiro de integração e exigirá que o especialista tenha um "relacionamento técnico" com operadoras de telefonia móvel e provedores de conteúdo. Já a outra vaga de engenheiro parceiro procura alguém que trabalhe com as teles para "criar campanhas de preços especiais, personalizar plataformas e produtos do Facebook e instalar, testar e prover suporte contínuo". "A integração entre a infraestrutura do Facebook e as redes das operadoras vai permitir a segmentação da tarifa e novos modelos de negócios para uma internet de baixo custo, enquanto adiciona novos recursos em colaboração com times de produtos do Facebook", completa.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O anúncio das duas vagas deixa clara a estratégia do Facebook, que não está disposto a continuar esperando uma posição do governo brasileiro e pretende lançar a Internet.org no país em parceria com as operadoras que atuam por aqui. Enquanto muitos cidadãos brasileiros ainda não possuem acesso à internet em suas casas, a regulamentação do Marco Civil da Internet segue sem previsão.

Fonte: Mobile Time

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.