Instagram lança anúncios em vídeo de 30 segundos

Por Redação | 09.09.2015 às 12:47

Depois de quase dois anos testando lentamente várias ferramentas de anúncios, o Instagram finalmente apresentou o seu serviço completo de publicidade. Foram anunciadas grandes mudanças para atrair receita publicitária para a rede social.

A primeira novidade é que o sistema de publicidade do Instagram se expandiu para mais 30 países, incluindo Espanha, México, Índia e Coréia do Sul, e chegará ao restante do mundo até o final de setembro.

Agora, em vez de trabalhar apenas com grandes marcas, como acontecia até agora em testes realizados em países como o Brasil, a rede social está abrindo sua opção de anúncios para empresas de todos os tamanhos. Anunciantes de todos os portes poderão facilmente veicular suas campanhas na nova plataforma de autoatendimento do Instagram.

Em segundo lugar, o Instagram agora permite a criação de anúncios de vídeo com até 30 segundos, ao invés de apenas 15 segundos. Isso pode ser uma forma interessante de atrair empresas acostumadas a trabalhar com comerciais de televisão que, geralmente, possuem o mesmo tempo de duração. A opção de usar fotos e vídeos em formato paisagem também oferece mais possibilidades para que as marcas usem toda a sua criatividade nos anúncios.

Outra novidade é o Marquee, uma nova ferramenta premium que permite aos anunciantes atingir uma grande base de usuários em pouco tempo. Isso parece ideal para grandes lançamentos de produtos ou filmes. "As pessoas vêm para o Instagram para encontrar inspiração visual, e a publicidade no Instagram tem o poder de tocar, inspirar e engajar as pessoas. Anúncios no Instagram provaram ter resultados significativos para as marcas – 97% das campanhas publicitárias mensuradas no Instagram geraram aumentos significantes na lembrança da marca", defende a rede social.

Instagram Ad

O Instagram também está tentando atrair anunciantes de diferentes indústrias para sua plataforma de anúncios – incluindo viagens, entretenimento, e-commerce e varejo – com a possibilidade de segmentação com base no interesse dos usuários.

"Estamos entusiasmados para tornar mais fácil para as empresas de todos os tamanhos alcançarem as pessoas com anúncios mais relevantes no Instagram. E vamos continuar melhorando nossos mecanismos de feedback dentro do Instagram para dar às pessoas um maior controle e relevância dos anúncios que elas vêem", completou a empresa.

As notícias são boas para os anunciantes, mas o que nos resta saber é se o Instagram vai conseguir mostrar apenas anúncios relevantes para seus usuários, evitando excessos. A mudança não pode ser tão drástica a ponto de fazer com que eles se sintam perdidos ou tornem o app obsoleto. De qualquer forma, parece que finalmente o Instagram vai começar a gerar dinheiro para o Facebook.

Fonte: Instagram