Instagram começa a permitir que usuários peçam para conta ser verificada

Por Wagner Wakka | 11 de Julho de 2018 às 15h36
Reprodução
Tudo sobre

Instagram

O Instagram está começando a permitir que usuários façam a certificação de conta verificada. Esta é aquela famosa marquinha em azul que que indica que o perfil foi confirmado pelo Instagram e é oficialmente relacionada a uma pessoa (geralmente celebridade) ou marca.

Por conta da criação de perfis falsos e até mesmo pela busca de usuários pelo status de conta verificada, a rede social resolveu criar um formulário em que as pessoas podem pedir para seus perfis sejam analisados para conter a marca.

Até o momento, esta função está disponível apenas para usuários do iOS e outros países da Oceania, em período de testes. Segundo o site Mashable, o Instagram informou que a função deve chegar ao Android nas próximas semanas também apenas nas localidades citadas. Ainda não há informações sobre a função estar disponível no resto do mundo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Com esta mudança, no setor de configurações do aparelho, há uma nova opção chamada “request verification” (pedir verificação, em tradução literal). Ao fazer o pedido, a empresa explica para que serve o sinal:

“O aviso de verificação é um sinal que aparece ao lado do nome de uma conta do Instagram para indicar que a conta é pertence autenticamente a uma notável figura pública, celebridade, marca global ou representa uma entidade”, descreve o aviso.

Documento avisa sobre quem pode ter verificação e apresenta local para foto (Foto: Mashable)

Ainda, vale ressaltar que o pedido de verificação não garante o recebimento do sinal. A proposta é de que o aviso sinalize que aquele é o perfil oficial de uma celebridade, separando de outras contas que podem ser alimentadas por fãs ou mesmo falsos.

Importante salientar também que, para fazer o pedido de verificação, o usuário terá de confirmar alguns dados pessoais, bem como enviar uma foto de documento de identificação, no caso brasileiro, provavelmente RG, CPF ou CNH.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.