Homem é preso na Palestina porque Facebook traduziu errado seu "bom dia"

Por Redação | 24 de Outubro de 2017 às 13h51
TUDO SOBRE

Facebook

O Facebook pediu desculpas publicamente por ter causado a prisão de um homem na Palestina depois de ele publicar um "bom dia" em árabe na rede social. O problema foi que a tradução automática da inteligência artificial do Facebook traduziu o "bom dia" como "atacá-los" em hebraico e "machucá-los" em inglês.

O homem, que trabalha em uma construção perto de Jerusalém, fez a publicação com uma foto dele mesmo na semana passada, encostado em uma escavadeira com a tal legenda. A polícia, então, foi alertada quanto ao conteúdo traduzido da postagem, desconfiando que o trabalhador estaria planejando algum tipo de ataque usando aquela máquina.

Algumas horas depois ele foi libertado, após a polícia constatar o erro do Facebook. No momento de sua prisão, não havia nenhum policial fluente em árabe para rapidamente descobrir a confusão. Agora, a rede social investiga o problema, e Necip Fazil, gerente de engenharia da empresa de Mark Zuckerbeg, disse que "infelizmente, nossos sistemas de tradução cometeram o erro que mal interpretou o que este indivíduo postou. Pedimos desculpas a ele e sua família pelo erro e pela ruptura que isso causou", fazendo questão de dizer, ainda, que as traduções automáticas da empresa seguem sendo aprimoradas a cada dia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.