Facebook Watch cresce na pandemia e já tem 1,25 bilhão de usuários por mês

Por Ramon de Souza | 04 de Setembro de 2020 às 08h00
Brett Jordan
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

Lançado em 2018, o Facebook Watch — plataforma de vídeos da rede social — tem registrado um aumento exponencial de popularidade durante a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2). Segundo Paresh Rajwat, diretor de Produtos de Vídeo da companhia, o isolamento social fez com que os internautas utilizassem o recurso para se manter conectados com seus artistas, celebridades e criadores de conteúdo prediletos.

“Para apoiar essas conexões, lançamos uma seção dedicada a vídeos ao vivo no Watch. Em toda a América Latina, mais de 13,7 milhões de pessoas assistiram ao vivo à final da Liga dos Campeões da UEFA, tornando-a a transmissão de futebol mais assistida no Facebook. Eventos como esse são mais do que uma simples transmissão de um jogo, mas uma forma de os torcedores compartilharem momentos e interagirem em tempo real com os narradores e outros fãs”, explica Paresh.

De fato, as transmissões de jogos esportivos são um chamariz para o Watch. Além da UEFA, os brasileiros podem se divertir com a CONMEBOL Libertadores e séries exclusivas como as do KondZilla e Desimpedidos. Falando em atrações musicais, recentemente, a cantora Katy Parry estreou seu novo clipe Smile na plataforma.

O Facebook ressalta ainda o recente lançamento do recurso de lives pagas, que permite com que criadores de conteúdo e pequenos empresários recebam pagamentos por transmissões ao vivo. Para incentivar tais empreendedores durante a pandemia, a rede social não cobra taxa e não recebe nenhum lucro sobre essas vendas. “Estamos empenhados em fazer do Watch um lugar que ajude mais de 1,25 bilhão de pessoas e milhões de parceiros a construir conexões por meio de vídeo”, finaliza Paresh.

Fonte: Facebook

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.