Facebook vai parar de coletar dados do WhatsApp no Reino Unido

Por Redação | 07 de Novembro de 2016 às 18h08

O Facebook engavetou um plano controverso de coletar dados dos usuários do WhatsApp. Porém, a novidade só se aplica ao Reino Unido, onde a rede social cedeu à pressão do órgão regulador de privacidade, que alega que os consumidores não foram devidamente protegidos.

Nesta segunda-feira (7), o Gabinete do Comissário de Informação (ICO) disse que o Facebook tinha concordado em pausar o compartilhamento de dados, incluindo números de telefone, dos usuários do WhatsApp com a rede social. Caso a empresa de Mark Zuckerberg optasse por continuar a partilha de informações, teria que responder judicialmente.

Elizabeth Denham, a comissária de informação do Reino Unido, já havia dito que estava preocupada com o fato dos usuários estarem sendo "explorados", e levantou a possibilidade de multar o Facebook caso as pessoas não fossem mais bem informadas sobre o compartilhamento de dados e também capazes de impedir o acesso da rede social às suas informações a qualquer momento.

"Eu não acho que os usuários têm sido informados o suficiente sobre o que o Facebook planeja fazer com suas informações, e eu não acho que o WhatsApp tenha um consentimento válido dos usuários para isso", disse Denham. "Se essas informações estão sendo exploradas mais do que acordado, para uma finalidade que não gostamos, então temos o direito de ficar preocupados."

O WhatsApp, que tem mais de um bilhão de usuários em todo o mundo, anunciou em agosto que iria começar a compartilhar dados com o Facebook pela primeira vez desde que foi vendido para a gigante das mídias sociais por US$ 19 bilhões há dois anos.

Fonte: Reuters

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.