Facebook se une a Google, Netflix e Amazon para melhorar streaming de vídeo

Por Redação | 15 de Novembro de 2017 às 10h50
Tudo sobre

Amazon

O Facebook está se unindo à Google, Netflix, Amazon e outras como parte da Alliance for Open Media, um consórcio dedicado à melhoria das tecnologias de streaming de vídeo. A ideia da organização é criar tecnologias de código aberto que tornem as transmissões online mais baratas, velozes e adequadas a todo tipo de conexão, enquanto garantem a melhor qualidade possível em cada um dos casos.

O foco, então, acaba ficando, principalmente, em tecnologias de compressão. Foi isso que levou ao desenvolvimento de novos formatos chamados AOMedia Video, também conhecidos como AV1, que podem entregar vídeos de alta definição com a menor banda possível. O projeto nasceu da unificação de trabalhos que estavam em andamento em companhias como Mozilla, Cisco e Google.

A iniciativa logo ganhou corpo e a ajuda de aliados renomados. No campo do hardware, empresas como AMD, ARM e Nvidia fazem parte do consórcio e garantem compatibilidade entre seus produtos e a tecnologia. Além disso, é claro, grandes nomes do mundo do streaming, como Netflix, Amazon e Hulu, também fazem parte do processo, ao lado de outras como Broadcom, Microsoft e a rede britânica BBC.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para o Facebook, participar da aliança representa mais um passo em sua estratégia de vídeo, que vem ganhando cada vez mais corpo e que a rede social deseja ver como um dos principais pilares de sua utilização. Por outro lado, a chegada da empresa e, principalmente, a adoção do formato representam um grande passo para a tecnologia, levando-se em conta que, com isso, ela chega facilmente a dois bilhões de utilizadores mundiais, que assistem a 100 milhões de horas todos os dias.

Com a chegada das resoluções 4K e vídeos com alta taxa de quadros, principalmente quando se fala no segmento de games, a necessidade de compressão e economia de banda, mas sem perder qualidade se torna ainda mais necessária. Hoje, a tecnologia HEVC, bastante fomentada pela Apple, é um dos principais nomes desse segmento. Entretanto, trata-se de um recurso patenteado, o que levou a indústria a buscar alternativas.

De acordo com a Alliance for Open Media, o Facebook passa a integrar o quadro de diretoria da organização, ao lado de nomes de peso e também alguns de seus fundadores. Com seus engenheiros, a rede social pretende participar não apenas da adoção do AV1, mas também de seu desenvolvimento, investindo recursos e pessoal na empreitada.

Fonte: Alliance for Open Media

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.