Facebook revela que mais de 70% de sua receita vêm de dispositivos móveis

Por Redação | 23 de Abril de 2015 às 10h13

O Facebook tem aprendido diversas coisas em seus três primeiros anos como uma empresa pública e uma das coisas que Mark Zuckerberg e companhia mais aprenderam é que o mercado móvel tem cada vez mais importância nos dias atuais. Para comprovar isso, a rede social mostrou durante a divulgação dos resultados financeiros do primeiro trimestre de 2015 que está expandindo cada vez mais sua presença entre as plataformas móveis.

De acordo com os número divulgados pela empresa, 1,44 bilhão de usuários mensais utilizam a rede social, um aumento de 13% em relação ao ano passado. Do total de usuários, 1,25 bilhão utilizam o Facebook pelo celular, um aumento expressivo de 24%. Outro número bastante animador para a companhia é que 936 milhões de pessoas em todo mundo usam o Facebook diariamente.

As receitas da empresa obtiveram um aumento de 42% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 3,45 bilhões. Cerca de 73% deste valor é proveniente de anúncios para celular, em comparação com 59% do mesmo período do ano passado. Os dados mostram que o Facebook conquistou a plataforma móvel e que provavelmente este será um grande mercado para a empresa nos próximos anos. A rede social também tem mais de um bilhão de buscas realizadas pelo celular todos os dias.

O lucro líquido da empresa fundada e liderada por Zuckerberg foi de US$ 1,19 bilhão, um aumento de 28% em comparação com os US$ 926 milhões do primeiro trimestre de 2014. Em relação aos vídeos, a empresa afirmou que foram mais de quatro bilhões de visualizações diárias de vídeos. Segundo a COO da companhia, Sheryl Sandberg, "os vídeos estão explodindo no celular".

Fora isso, a rede social anunciou ter gastado US$ 2,61 bilhões somente no primeiro trimestre - um aumento de 83% no comparativo ano a ano. Apesar da alta, Zuckerberg pretende continuar investindo pesadamente em áreas distintas como drones movidos a energia solar e realidade virtual. A maior despesa da empresa está relacionada a pesquisa e desenvolvimento, onde também obteve o maior número de contratações.

Via The Verge

Fonte: http://www.theverge.com/2015/4/22/8470633/facebook-q1-2015-earnings-report

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.