Facebook quer acabar com postagens “cata-clique”

Por Redação | 02 de Fevereiro de 2016 às 11h35

Esse texto começou a ser escrito agora para falar de uma mudança nos algoritmos do Facebook, mas o que aconteceu a seguir você não vai acreditar. As postagens desse tipo se proliferam cada vez mais na rede social, com criadores de conteúdo e administradores encontrando nesse tipo de título uma forma um tanto quanto barata de aumentar o engajamento e incentivar os cliques. Muito em breve, entretanto, esse tipo de iniciativa vai deixar de ser eficaz.

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (01) uma mudança em seus algoritmos de exibição de conteúdo que pretende rebaixar o alcance de páginas que utilizam esse tipo de recurso para incentivar os acessos. A partir de agora, o privilégio será dado a espaços que fazem uso de uma linguagem mais direta e entregam a informação de forma mais imediata e não que “obrigam” os usuários a acessarem sites externos para saberem mais.

De acordo com a rede social, dois fatores serão usados para garantir que esse ideal seja alcançado. O primeiro é, claro, a quantidade de engajamento registrado por páginas e postagens; mas o segundo, mais importante, serão as enquetes automáticas feitas com os usuários e que já vêm sendo respondidas por eles há algum tempo. Basicamente, são feitas perguntas quanto à relevância das publicações e sobre o quanto cada pessoa gostou daquilo que estava logo depois do clique.

A relação entre esses dois fatores, então, determinará a utilização ou não de “clickbaits”. A ideia do Facebook é simples – se uma publicação apresenta alto índice de engajamento, mas também bastante feedback negativo, isso significa que, por algum motivo, as pessoas estão sendo induzidas a clicarem no link, gerando um resultado que nem sempre pode ser satisfatório.

Para evitar esse tipo de rebaixamento, o Facebook dá algumas dicas para os criadores de conteúdo e administradores de páginas. O ideal é que os seguidores sejam encorajados a tomarem ações (é esse o termo que a rede social usa para cliques, interações com jogos e coisas do tipo) por meio de conteúdo relevante. Um cuidado com os títulos e imagens nas postagens, por exemplo, pode fazer a diferença entre um engajamento considerado relevante e um que engana os usuários.

Pouco a pouco, a ideia do Facebook é que os "cata-cliques" desapareçam do feed de notícias e as páginas que tanto lucraram com esse tipo de estratégia até agora comecem a ter sua importância diminuída, dando mais espaço para aquelas que trabalham de acordo com as normas e, acima de tudo, são respeitosas na publicação e divulgação de seu conteúdo.

Fonte: Facebook

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.