Facebook promete melhores receitas para quem publicar conteúdo na plataforma

Por Redação | 14 de Setembro de 2016 às 15h10
photo_camera Divulgação

Na tentativa de se tornar uma alternativa mais interessante de receita para produtores de conteúdo, o Facebook anunciou uma série de melhorias de monetização e analíticas em suas plataformas de publicação.

Em uma entrevista à Poynter, o vice-presidente de parcerias do Facebook, Dan Rose, afirmou que as iniciativas devem criar novas oportunidades para empresas que buscam ganhar dinheiro através da produção de conteúdo postado diretamente na rede social.

O primeiro modelo que deverá ser atualizado são os Instant Articles, formato de publicação de artigos em texto diretamente no Facebook que cresceu 25% nos Estados Unidos e Canadá nos últimos 18 meses.

Nos próximos meses, a plataforma de publicação permitirá que empresas tragam seus anunciantes de forma integrada e retendo 70% das receitas originadas no site, nas versões mobile e desktop. Os artigos também passarão a incluir suporte a vídeo e publicidade no modelo de carrossel, que poderão ser otimizados com a plataforma de seleção de audiência do próprio Facebook.

Lançado em abril, o formato de conteúdo patrocinado por marcas também ganhará mais flexibilidade, permitindo que empresas tragam múltiplos anunciantes em uma mesma postagem e tenham melhores insights sobre os resultados de campanhas.

A expectativa é que o modelo de conteúdo patrocinado gere US$ 12,6 bilhões em receitas só nos Estados Unidos até 2021, um crescimento considerável em relação aos US$ 3,3 bilhões que deve movimentar neste ano.

Na competição com plataformas como o YouTube, o modelo de monetização de vídeos também deverá ser atualizado. A principal novidade será a inclusão de “intervalos” para publicidade inserida no meio de transmissões ao vivo por meio do Facebook Live.

O formato já está sendo testado em pilotos e deverá ser expandido em breve. A expectativa da rede social é que, até o ano que vem, vídeos gravados fora do modelo da Live também possam incluir intervalos de publicidade – como uma programação tradicional de televisão.

Fonte: Business Insider

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!