Facebook permitirá que anunciantes paguem apenas por vídeos vistos totalmente

Por Redação | 18 de Setembro de 2015 às 15h26

Na expectativa de deixar os anunciantes satisfeitos, o Facebook vai permitir que eles possam pagar pela publicidade em vídeo apenas quando os usuários visualizarem o anúncio por completo. Muitos anunciantes têm queixado-se da maneira com que a rede social tem inflado o número de visualizações dos vídeos, diminuindo o potencial de bons resultados para quem anuncia.

Diferentemente do seu concorrente YouTube, que aguarda os 30 segundos de anúncio para contabilizar uma visualização em vídeos publicitários, o Facebook considerava apenas os 3 primeiros segundos.

Além disso, a rede social revelou que os anunciantes poderão verificar o número de vezes que seus vídeos foram vistos através da ferramenta desenvolvida pela Moat. A solução da Moat também será utilizada para acompanhar os vídeos de anúncios também no Instagram.

No início do ano, o Facebook já havia alterado a sua maneira de cobrar pelos anúncios. A partir de então os anunciantes pagavam apenas pelos vídeos executados e não mais pela campanha ter sido apenas mostrada ao usuário no seu feed.

O Twitter, por exemplo, fez uma modificação similar em junho, quando decidiu cobrar apenas pelos vídeos assistidos por completo na rede social, justificando que este é o "novo padrão" para a indústria de marketing e publicidade.

As alterações visam trazer mais confiabilidade ao YouTube como plataforma de publicidade para as empresa, em especial para as campanhas em vídeo. Rob Norman, chefe digital de Mídias e Publicidade do GroupM Worldwide, afirmou em comunicado a opinião do mercado publicitário em relação às modificações realizadas pelo Facebook. "Acreditamos que a parceria entre Facebook e Moat seja uma solução confiável de terceiros, e que eles estão oferecendo aos anunciantes a capacidade de pagar apenas pelas impressões que foram visualizadas por completo", declarou.

"O que queremos é muito simples: anúncios que são vistos por pessoas reais. Queremos campanhas de visibilidade entre os clientes, editores que honrem essa postura e queremos editores que sejam vigiados por meios independentes", explicou.

Fonte: Re/code

Fonte: http://recode.net/2015/09/17/facebook-gives-advertisers-option-to-pay-for-video-ads-that-people-can-actually-see/