Facebook pede desculpas após exibir conteúdos sexuais nas sugestões de busca

Por Natalie Rosa | 16 de Março de 2018 às 10h50
Reprodução
Tudo sobre

Facebook

O Facebook precisou pedir desculpas publicamente após passar horas sugerindo conteúdo indevido na noite desta quinta-feira (15).

De acordo com usuários que presenciaram o acontecimento no Reino Unido, a rede social começou a sugerir termos de pesquisa relacionados a sexo na função autocompletar quando alguém digitava "vídeos de", por exemplo. Entre o conteúdo estavam vídeos e fotos sexuais de celebridades e de violência envolvendo casos de massacre.

Mesmo depois de o problema ser resolvido, o algoritmo fez o seu trabalho e começou a sugerir conteúdo parecido com as sugestões de buscas exibidas anteriormente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Sugestões exibidas pelo Facebook (Imagem: Twitter/@morroweric)

Em declaração oficial, o Facebook pediu desculpas pelo ocorrido e afirmou que está buscando descobrir o que causou o problema.

"Assim que ficamos cientes dessas sugestões ofensivas, as removemos. As buscas são representações do que as pessoas estão procurando no Facebook e não necessariamente reflete o conteúdo real da plataforma. Nós não permitimos imagens sexualmente explícitas e estamos engajados em manter este tipo de conteúdo fora de nosso site", afirmou a rede social.

No início deste mês, o Facebook se envolveu em outra polêmica de conteúdo sexual. Em uma falha em questionários de pesquisa a usuários, a plataforma perguntava se é legal um homem adulto pedir por fotos sexuais de adolescentes de 14 anos.

As perguntas já foram retiradas do questionário.

Fonte: The Guardian

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.