Facebook Messenger para Mac OS pode estar a caminho

Por Redação | 11.01.2016 às 12:07

Uma imagem vazada mostrou que o Facebook pode estar em estágio avançado de desenvolvimento de uma versão do Messenger também para Mac OS X. A fotografia tem baixa qualidade e mostra muito pouco, mas também deixa claro o que está acontecendo: temos o software de mensagens rodando de forma independente, a partir da Doca, e com uma interface bastante semelhante à que vemos no iOS.

Aqui, porém, a mudança não deve ser obrigatória como aconteceu com a aplicação em celulares e tablets. Em vez disso, o Facebook estaria apenas dando aos usuários uma maneira mais fácil de utilizar o mensageiro, sem que suas notificações sejam confundidas com as da própria rede social nem exigir mais uma aba para que as conversas aconteçam. A empresa, entretanto, não se pronunciou sobre esse desenvolvimento, afirmando apenas que não comenta rumores ou especulações.

Vazamento Messenger

Não seria a primeira vez que o Facebook pensa de maneira dedicada no Messenger para desktop, mas a nova aplicação, se verdadeira, faria parte de um esforço renovado. Em março de 2014, por exemplo, a empresa descontinuou e tirou do ar o Messenger for Windows, o aplicativo que permitia o uso do chat diretamente da área de trabalho. Ao mesmo tempo, também passou a dar pouco suporte para desenvolvedores externos que desejassem utilizar a API do sistema para fazer o mesmo, em um anseio claro de levar seus usuários para a página da rede social em si.

Por outro lado, o lançamento do novo aplicativo parece ser uma evolução do Messenger.com, um serviço lançado em abril do ano passado, mas voltado para permitir que as pessoas utilizem o chat, e apenas ele. A solução, entretanto, foi pouco divulgada e tem uma interface um tanto precária, como uma maneira de incentivar os usuários a continuarem acessando a própria rede social – e, claro, observando os anúncios – para conversarem com os amigos.

Mesmo assim, parece pouco provável que a mudança para um software dedicado ao Messenger seja obrigatória. Não se sabe, também, se o desenvolvimento de um aplicativo desse tipo acontece apenas para Windows, nem se estamos falando apenas de um experimento, como muitos que o Facebook realiza, e que pode nem mesmo ver a luz do dia. Enquanto a empresa não fala no assunto, só nos resta esperar para ver.

Fonte: TechCrunch