Facebook lança Watch para desktop e promete monetização para criadores em 2019

Facebook lança Watch para desktop e promete monetização para criadores em 2019

Por Wagner Wakka | 14 de Dezembro de 2018 às 08h49
Marketing Land

O Facebook Watch agora também funciona no desktop. O Facebook anunciou nesta quinta-feira (13) a expansão do serviço para outros 14 países e o upgrade para funcionamento também em navegadores.

O serviço foi lançado aqui no Brasil em agosto deste ano e já conta com 400 milhões de usuários que acessaram ao menos um minuto da plataforma no mês e 75 milhões por dia. A média de visualização é de 20 minutos.

Além disso, o Facebook também anunciou a expansão do serviço para outros 14 países, sendo que agora também passa a funcionar via Facebook Lite em todo mundo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“Também iniciamos nossa série de shows globais com o primeiro game show interativo Confetti, que expandimos para seis novos mercados este ano, e o The Real World da MTV, que será lançado no próximo ano nos Estados Unidos, México e Tailândia. Além disso, criadores de vídeo em todo o mundo, como o Nas Daily, Jay Shetty e Laura Clery, estão crescendo na plataforma com suas caraterísticas próprias de humor, ideias e criatividade” explica Fidji Simo, VP de vídeo da plataforma.

Publicidade

Junto com a expansão, o Facebook também informou que deve ampliar a forma como influenciadores podem ganhar em conteúdos expostos na rede. A proposta é expandir o Ad Break, em que a rede social paga os influenciadores por publicidade exposta em seus canais no Facebook Watch.

“Levaremos os Ad Breaks para criadores de vídeo em mais países e testaremos novas opções de Ad Breaks, como em livestreams de gamers. Queremos levar o Brand Collabs Manager para mais países para ajudar a conectar marcas e criadores para acordos de conteúdo patrocinado (Branded Content), além de expandir nosso teste de assinaturas para fãs”, explica Simo.

A proposta, segundo o VP de vídeo, é ampliar as ferramentas de monetização para 2019.

No Brasil, o Facebook Watch deve ganhar força a partir do ano que vem por conta do futebol. O Facebook assinou uma parceria com o Esporte Interativo para transmitir os jogos da Champions League e vai exibir parte dos jogos da Copa Libertadores da América ao menos pelos próximos quatro anos.

Fonte: Facebok Newsroom

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.