Facebook lança “mapa de transmissões ao vivo”; saiba como usar

Por Felipe Demartini

As transmissões de vídeo ao vivo pelo Facebook já estão há algumas semanas nas mãos de todos os usuários. Ao começar pelas celebridades antes de seguir para as pessoas “comuns”, a rede social não apenas pôde testar o recurso em condições de grande estresse e movimento, como também colocou sobre ele uma aura de estrelismo. Agora, uma nova funcionalidade vem para somar a tudo isso.

O Live Map, como o nome já diz, é basicamente um mapa que mostra todas as transmissões ao vivo que estão acontecendo no Facebook naquele momento, e também de que lugar do globo elas são transmitidas. A funcionalidade é acessível por um link dedicado, em www.facebook.com/livemap e está disponível para todos os usuários. Entretanto, apenas aqueles que usam a rede social em sua versão em inglês podem acessá-lo.

Mudar idioma Facebook

Vamos começar pelo início então. Para alterar o idioma do seu Facebook, clique na seta para baixo no canto superior direito da tela e escolha a opção “Configurações”. Depois, vá em “Idioma”, a sexta opção do menu que aparece do lado esquerdo. A preferência que você procura é a primeira da lista, clique em “Editar” e, no menu, escolha a opção “English (US)”. Ao clicar em “salvar alterações”, a mudança é imediata e você já poderá acessar o Live Map.

Facebook Live Map

Daqui em diante, a coisa é basicamente intuitiva. Os pontos azuis no mapa representam todos os streamings ao vivo que estão acontecendo no momento. Ao passar o mouse sobre eles, a rede social exibe o título da transmissão, o tempo de vídeo desde que o usuário entrou no ar, uma captura de tela e também o número de pessoas que estão assistindo. Clicar, obviamente, nos leva diretamente para o streaming e também abre a janela de comentários ao lado.

Facebook Live Map

Repare também que, ao passar a seta do mouse sobre um dos pontos azuis, vemos várias linhas que o ligam a diferentes lugares do mundo. Aqui, se trata de uma estimativa de engajamento, mostrando de que localidades estão vindo as visualizações e usuários que estão assistindo à transmissão, mas claro, sem revelar a identidade deles. As lives mais acessadas também ganham destaque a aparecem piscando na tela, de forma a chamar mais atenção.

É aqui, inclusive, que está uma das grandes sacadas do Live Map. Ao abrir um mapa com todas as transmissões ao vivo que estão acontecendo naquele momento, o Facebook expande o alcance dos vídeos para além de seu próprio círculo. Enquanto, originalmente e em teoria, elas ficariam restritas ao círculo de amigos ou grupos, os streamings agora podem ser acessados por usuários de todo o mundo, basta que alguém clique neles.

Por enquanto, o recurso está disponível apenas na versão desktop do Facebook, e pode ser acessada tanto pelo Windows quanto pelo Mac OS X. Entretanto, segundo a rede social, versões para tablets e smartphones com iOS e Android já estão sendo desenvolvidas e devem ser liberadas nas próximas semanas.

Mais do que isso, para o Facebook, o Live Map serve como um testamento do sucesso do recurso. No texto oficial que acompanhou o lançamento da funcionalidade, a empresa agradeceu aos usuários pelas maneiras criativas e interessantes que eles encontraram para fazer o recurso funcionar, bem como as grandes experiências que estão sendo criadas a partir das transmissões ao vivo. Em um mundo em que o vídeo parece ser um dos principais focos da rede social, a novidade parece ter vindo muito bem a calhar.