Facebook está testando reprodução automática de vídeos com som

Por Redação | 23 de Agosto de 2016 às 11h11

O Facebook começou a testar uma nova funcionalidade envolvendo os vídeos publicados na plataforma. Até então, os vídeos eram reproduzidos automaticamente no feed de notícias, mas todos eles com o som desabilitado. Agora, a rede social começou a testar, na Austrália, a reprodução automática dos vídeos com o áudio ativado. A estratégia é bastante corajosa e arriscada, tendo em vista que os usuários a consideram bastante invasiva.

A mudança valerá apenas para os dispositivos móveis. Todos os vídeos na plataforma funcionarão da mesma maneira, incluindo os publicitários e os vídeos do Facebook Live. Para que isso aconteça, basta que os usuários tenham mantido a reprodução automática dos vídeos ativa. Segundo o Facebook, será possível desativar o som por meio de um botão ou acessando as configurações gerais.

"Nós estamos realizando um pequeno teste no Feed de Notícias em que as pessoas podem escolher se querem assistir a vídeos com som desde o início", disse um porta-voz do Facebook ao Mashable. "Para as pessoas que não querem som, elas podem desligá-lo em Configurações ou diretamente no próprio vídeo. Este é um dos vários testes que estamos realizando enquanto trabalhamos para melhorar a experiência em vídeos para as pessoas no Facebook."

Não há qualquer indício do motivo que o Facebook estaria adotando tal estratégia para sua plataforma de vídeos, que tem se mostrado bastante rentável. Um estudo realizado pela própria empresa mostra que 80% dos usuários da rede social reagem negativamente quando propagandas em vídeo tocam com som alto em smartphones. Um outro levantamento indica que até 85% das visualizações de vídeos no Facebook acontecem de reproduções sem som. Com tais informações, o Facebook passou a oferecer para os anunciantes uma ferramenta que inclui legendas automáticas nos vídeos, de maneira a aumentar o engajamento com o público.

Vale lembrar que além de invasiva, a nova maneira de reproduzir os vídeos pode render aos usuários momentos constrangedores. Recentemente, o Facebook foi utilizado como plataforma para transmissões ao vivo de assassinatos, entre outras filmagens polêmicas. Certamente não é nada agradável ser surpreendido com sons inapropriados enquanto navega pelo feed de notícias no celular, ainda mais em lugares públicos.

Via Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.