Facebook está acabando com a bateria do seu iPhone

Por Redação | 20 de Outubro de 2015 às 08h01
photo_camera Associated Press

Uma das novas funcionalidades do iOS 9, a que mostra exatamente quanto da bateria total do aparelho foi consumida por determinados aplicativos, acabou revelando que o Facebook é um dos principais vilões da autonomia em iPhones e iPads. O aplicativo da rede social pode consumir, em alguns casos, quase um quarto da carga dos dispositivos, mesmo quando não está sendo ativamente utilizado.

O problema se torna ainda pior caso o usuário desative as atualizações em segundo plano para o software, o que não impede seu funcionamento no background. Nesse caso, a utilização é um pouco menor, beirando os 15%, mas ainda o coloca à frente de muitos outros apps costumeiramente fominhas, como o navegador Safari ou serviços de streaming de vídeo como o YouTube e o Netflix, por exemplo.

A comprovação de que o Facebook está funcionando em segundo plano mesmo quando essa configuração está desativada aparece na tela de configurações, opção Bateria. Por meio dela, é possível acessar detalhes sobre o uso de energia de cada aplicativo por um simples toque, que exibe exatamente o tempo que cada app ficou sendo exibido na tela e seu período de funcionamento em background. Essa segunda alternativa, porém, não deveria existir para a rede social caso esteja desativada, mas de algum jeito parece que ela continua operando por trás das cortinas.

O segredo disso está na forma com a qual o software foi desenvolvido, criado para simular um serviço de VoIP. Assim como o Skype, então, ele permanece pronto e baixando dados mesmo quando desativado, de forma a estar pronto mais rapidamente caso seja executado. O resultado são notificações baixadas mais rapidamente, atualizações mais ágeis e uma usabilidade melhor, mas, por outro lado, um maior consumo da bateria e também do plano de dados, outro fator importante para quem utiliza bastante o 3G ou 4G.

Facebook bateria

O Facebook já era apontado como culpado por “beber” a bateria dos dispositivos há algum tempo, e essa máscara de serviço de VoIP, inclusive, já vinha sendo apontada por especialistas como o motivo para isso. Com a nova funcionalidade, porém, tudo ficou às claras mesmo para usuários menos avançados que, claro, começaram a exigir soluções tanto da Apple quanto da própria rede social.

A Maçã, porém, não se pronunciou nem tomou as atitudes costumeiras com relação a isso, que seria a remoção do aplicativo da App Store até que uma solução fosse aplicada. O Facebook, por outro lado, falou na questão como se ela fosse um “problema”, do qual diz estar ciente e buscando formas de resolvê-lo, o que deve acontecer em uma atualização a ser liberada em breve.

Enquanto isso, tudo o que se pode fazer é esperar. A única solução definitiva para a fome do Facebook por sua bateria é desinstalar o aplicativo até que a atualização seja liberada. Desativar as atualizações em segundo plano ajuda, mas apenas até certo ponto, e não faz com que ele deixe de ser o maior vilão da autonomia de seu iPhone ou iPad.

Fonte: Update or Die

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.