Facebook encerra parceria de troca de dados com Serasa Experian

Por Wagner Wakka | 18 de Abril de 2018 às 14h24

O Facebook terminou uma parceria com a Serasa Experian, após mudanças nas Categorias de Parceiros da rede social. A atualização ocorre depois do caso de uso indevido de dados de mais de 87 milhões de usuários pela Cambridge Analytica. A parceria funcionava há dois anos.

Com isso, era possível cruzar tanto informações do Facebook quanto da Serasa para refinar a segmentação de publicidade de acordo com a renda. “Para empresas que não têm acesso a dados próprios de clientes para criar Públicos Personalizados, as Categorias de parceiros podem ser uma boa opção”, explica o site do Facebook.

De acordo com comunicado do Facebook, a rede social reitera que “embora essa seja uma prática comum da indústria, acreditamos que essa mudança, que será gradual ao longo dos próximos seis meses, ajudará a ampliar a privacidade das pessoas no Facebook”.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Queremos que nossos anunciantes saibam que vamos encerrar as Categorias de Parceiros. Esse produto permite que provedores terceiros de dados ofereçam o targeting deles diretamente no Facebook”, informa porta-voz da empresa.

Pelo site oficial da lista de parceiros, não há somente o Brasil nesta lista, mas empresas em todo mundo, bem como a Experian da Austrália, Estados Unidos e Reino Unido. Outras empresas como a Acxiom, com escritórios na Alemanha, Austrália, França, Japão, Reino Unido e EUA; CCC Marketing do Japão; Epsilon dos EUA; Oracle Data Cloud no Reino Unido e EUA; e Quantium da Austrália também devem sofrer corte do programa de parceiros. O Facebook, ainda informou que, no Brasil, o único das Categorias de Parceiros era a Serasa Experian.

Já a Serasa Experian informou que “está ciente das mudanças globais anunciadas no Programa de Parcerias do Facebook, que inclui diversas empresas”. A companhia diz que “a parceria com a Serasa Experian contemplava apenas serviços de segmentação com dados anonimizados” e que “reitera que cumpre rigorosamente as leis do país e seu compromisso com a utilização de dados estritamente necessários e permitidos em seus produtos e serviços de marketing”.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.