Facebook cria novas ferramentas e portal para grupos da rede social

Por Wagner Wakka | 23 de Maio de 2018 às 17h35
TUDO SOBRE

Facebook

O Facebook está implementando novas ferramentas para a rede social. Uma delas é possibilidade de gerenciamento de grupos dentro da plataforma, um dos produtos mais famosos somando mais de 10 milhões criados até agora. As novidades incluem um serviço de contato de administradores com a rede social, que pode ser respondido por pessoas reais, e não por bots como era feito até então. Além disso, a empresa montou um portal com boas práticas para melhorar o uso dos grupos.

Segundo o site do Facebook, este serviço para o consumidor ainda está disponível apenas para alguns grupos em fase de testes, somente nas línguas inglesa e espanhola. O serviço deve ser gratuito e permite que administradores mandem questões e necessidades com promessa de resposta em até um dia útil.

Segundo o diretor do Facebook para o sistema de grupos, Alex Deve, a empresa passou muito tempo falando com administradores de grupos e ouvindo feedback até chegar a esta ferramenta. “E a primeira coisa que ouvimos deles – muito alto e claro – é que eles querem ser capazes de chegar até nós e obter uma resposta muito rápida".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Empresa vai oferecer contato direto com adminisrradores e resposta em até um dia útil (Foto: Divulgação)

Recentemente, o Facebook fez uma nova onda de contratação para o time de moderação, o que possibilitou a criação da ferramenta. Com isso, o Facebook procura não somente resolver os problemas, mas também entender quais são as principais necessidades dos usuários e adicionar em futuras atualizações.

Boas práticas

No site da empresa, agora há uma área (ainda só em inglês) que mostra como melhorar a utilidade de grupos, tutoriais mais comuns, demos de produtos e estudo de casos em que grupos foram usados para solucionar problemas ou criar experiências. As produções trazem entrevistas com administradores de grupos tanto em vídeo quanto em áudio. Os principais assuntos são relacionados a como aumentar o público e dicas para criar regras de convivências dentro destes espaços, os dois principais tópicos de interesse dos administradores.

Segundo Deve, com o tempo, é esperado que os moderadores que estão em contato com administradores possam adicionar novos temas e trazer novos casos para esta páginas de boas práticas.

Novas ações

A empresa também informou que estão disponíveis duas novas ferramentas para os grupos. A primeira delas é de notificar diretamente um usuário que tenha quebrado alguma regra interna daquele grupo. No exemplo apresentado pelo Facebook, ao reportar um usuário, o administrador e moderadores internos podem indicar qual regra foi quebrada, adicionar alguma informação sobre aquele assunto, e ainda compartilhar novamente a lista de regras com o infrator.

Com ferramenta, é possível notificar usuários infratores (Foto: Divulgação)

A segunda ferramenta é listar alguns membros pré-aprovados, cujos posts não precisam passar mais por aprovação para serem publicados. Assim, caso um usuário se mostre recorrentemente confiável em postagens no grupo, administradores e moderadores podem liberar a publicação sem passar por aprovação. Para os espaços com muitos usuários, esta novidade pode diminuir, e muito, o trabalho de moderadores.

Ferramenta lista usuários pré-aprovados para publicação (Foto: divulgação)

Ascenção

Durante a F8, conferência do Facebook para desenvolvedores, Mark Zuckerberg já havia anunciado que este produto da empresa deveria ganhar proeminência e mais atenção na plataforma. Ao tirar do ar o aplicativo separado dos grupos, a proposta agora é adicionar à rede social, pouco a pouco, algumas das ferramentas exclusivas do app.

Uma delas é um plugin que administradores podem adicionar ao seus sites para convidar visitantes a fazer parte do grupo do Facebook. As novas ferramentas estão sendo introduzidas aos poucos em todos os grupos da plataforma.

Fonte: TechCrunch, Facebook Community

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.